Fique conectado

Alimentação

Com quantos meses o gato começa a comer ração?

Publicado

em

com quantos meses o gato pode comer ração

Um gatinho bem nutrido é um gatinho disposto! Mas, você sabe com quantos meses o gato começa a comer ração ou o que ele come até se alimentar exclusivamente de ração seca?

Para te ajudar com a dieta dos seus animais prediletos, hoje o Clube dos Bichos preparou um guia sobre a alimentação dos gatos, especialmente para os filhotes.

Vamos esclarecer suas dúvidas sobre o que oferecer em cada etapa de crescimento e ainda preparamos algumas dicas práticas que vão te ajudar no dia-a-dia.

O que o gato come?

Os gatos são, sobretudo, animais carnívoros e que exigem muita proteína em suas dietas para se manterem produtivos e saudáveis. Entretanto, a alimentação desses animais sofre alterações conforme a etapa de vida em que estão.

Até 45 dias: Amamentação exclusiva para os gatinhos filhotes:

Durante os dois primeiros meses de vida, os gatinhos precisam se alimentar exclusivamente do leite materno. Esse alimento é rico e completo, oferecendo todos os nutrientes que os gatinhos recém-nascidos precisam para se desenvolver da forma correta. 

E o leite é fundamental não só em termos nutricionais. O leite é responsável pela maior parte da imunidade passiva adquirida pelos gatinhos e, além disso, até mesmo o movimento de sucção é fundamental para o desenvolvimento da função motora desses animais. 

É por isso que a amamentação exclusivamente feita por leite para gatinhos filhotes é tão defendida, por nós veterinários, no início da vida dos gatinhos bebês.

Se você quer ter TODAS AS RECOMENDAÇÕES do Clube dos Bichos sobre a correta amamentação de seus filhotinhos recém-nascidos se desenvolverem fortes, felizes e maravilhosos… venha conosco para o nosso mini-curso Amamentação Sem Medo.

Aos 45 dias: Transição – Papinha para gato recém-nascido.

Por volta do 45º dia de vida, os dentes dos gatinhos começam a surgir e esse é um fator fundamental para a mudança na alimentação dos filhotinhos de gatos. O aparecimento dos dentes faz com que os gatos recém-nascidos comecem a se interessar e buscar por alimentos sólidos, ou seja, logo logo o gato recém-nascido não mama mais. 

Por isso, nesse momento, é ideal que você faça a transição do leite para gatinhos filhotes para a papinha para gato recém-nascido.

Porém, não faça isso cedo demais porque, pergunto, o gato de 20 dias ou de 1 mês pode comer ração? Claro que ainda não, então devemos ficar atentos a como alimentar um gato filhote em cada fase da vida deles.

É assim que os gatinhos irão se acostumar com a nova alimentação, portanto ainda terão muitos nutrientes vindos do leite materno ou do substituto de leite para gato filhote.

Após transição com papinha para gatinho filhote:

Então, neste momento, o gatinho vai aos poucos migrar da alimentação exclusiva. Mas, o que dar de comida para gato filhote?

1. Ração seca:

Quando seu gatinho se acostumar com a papinha, logo ele estará pronto para começar uma alimentação mais adulta. Aliás, acredite, ele mesmo fará o desmame, você não precisará induzir ou afastar o gato da mãe. 

Neste momento, você pode oferecer a ração seca, que possui os nutrientes balanceados para a dieta dele. No mercado, temos diversas opções.

2. Alimentação natural – comida para gatinhos filhotes:

Além da ração seca o que dar para filhote de gato comer? Alimentos naturais como carne, frutas, ovos e legumes podem fazer parte da dieta deles. 

Caso o tutor faça a opção pela alimentação natural para gatinhos é importante que a dieta seja feita por um médico(a) veterinário(a) especialista em nutrição, para que seu gatinho tenha todos os nutrientes devidamente oferecidos.

Mas como alimentar o filhote de gato recém-nascido

Várias são as opções que um tutor pode ter ou precisar para que seus gatinhos filhotes se desenvolvam fortes e saudáveis. Tudo vai depender de como estará a relação mamãe-filhotes após o parto:

1. Amamentação Mãe:

A gatinha lactante merece cuidado redobrado com a alimentação. Nesse período de amamentação, ela mobiliza toda sua reserva de gordura para a produção do leite e por isso é fundamental que sua alimentação seja reforçada, para que ela não fique desnutrida e que seu leite seja de qualidade e suficiente para todos os gatinhos filhotes recém-nascidos.

2. Ama de leite – Mamãe adotiva:

Se a presença da mãe junto a ninhada é sempre o mais indicado, infelizmente ela não é possível em todas as vezes. E quando essa privação do leite materno acontece é fundamental que os tutores busquem alternativas para alimentar e nutrir os filhotes da forma correta, para que eles não sofram com fraquezas e falta de desenvolvimento. 

Uma dessas opções é a ama de leite. Se você tiver uma outra gatinha também lactante pode aproximá-la de seu gatinho filhote e ver se ela aceita oferecer seu leite a ele.

3. Leite para gatinhos filhotes:

Uma das melhores opções para gatinhos filhotes que não mama, gatinhos órfãos ou com privação de leite é o substituto do leite marterno. Mas, qual leite dar para gato filhote caseiro ou industrial?

Encontrado no mercado em diversas marcas ou até mesmo podendo ser feito o leite caseiro para gatos filhotes, este substituto é um complexo alimentar que reúne todos os nutrientes e vitaminas que o gatinho filhote pode tomar no leite.

Veja todas as RECOMENDAÇÕES de leite para gatinhos filhotes ou aprenda como fazer leite caseiro para gatos filhotes e recém-nascidos aqui no mini-curso de Amamentação sem Medo – Clube dos Bichos!!!

4. Papinha para gatinhos recém-nascidos:

Apesar da papinha ser um ótimo recurso na hora da transição entre o leite para filhote de gato e a ração seca, ela não deve ser oferecida aos filhotes recém-nascidos, pois gato com 30 dias não pode comer ração. 

Portanto, saber o que dar para gato comer depende da idade e da condição nutricional do seu filhotinho de gato. Mas a opção da papinha deve ser utilizada somente para o desmame do leite para gatinhos filhotes.

Pensando em sempre te ajudar, nós do Clube dos Bichos preparamos um curso completo sobre a alimentação dos filhotes de gato!

O curso Amamentação sem Medo – Filhotes de Gatos vai te ajudar com dicas desde a amamentação do gatinho filhote recém-nascido até a transição do seu animal no desmame. Você pode adquiri-lo clicando aqui.

Mas com quantos meses o gato começa a comer ração e como dar ração para filhotes de gato?

Quando o seu gatinho atinge os 45 dias, você já pode iniciar a transição com a papinha. Afinal, com quantos dias o gato desmama?

Os gatihos filhotes, normalmente, conseguem absorver todos os nutrientes dos alimentos secos, ração ou alimentação natural, por volta dos 60 dias de vida.

Em nosso curso te mostramos como preparar a papinha, a temperatura ideal e a forma correta de oferecê-la ao seu filhotinho para que ele tenha um desmame tranquilo e saudável.

Então, você, ainda tem alguma dúvida sobre a alimentação de seu gatinho? Gostou de saber com quantos meses o gato começa a comer ração? A gente espera ter te ajudado! Mas, caso você ainda não tenha entendido algo, é só deixar aqui nos comentários que iremos te ajudar. Até a próxima!


guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.


Clique para comentar

Deixe uma resposta