Fique conectado

Fases da Vida

Hamster sírio: guia completo da raça.

Equipe Clube dos Bichos

Publicado

em

hamster-sirio-adulto

Se você pensa em comprar um hamster sírio, ou já tem e quer conhecer mais sobre esse charmoso roedor, temos aqui as informações mais importantes para que seu carinho, atenção e cuidado estejam sempre em dia.

O que é um hamster?

O hamster é um dos membros da família dos roedores, na qual também se incluem os coelhos, chinchilas, porquinho da índia, entre outros. Ou seja, o hamster sírio é certamente o mais fofinho membro da família.

Tido como um dos mais populares animais de estimação, o nome hamster tem origem no alemão no termo “hamstern” que nessa lingua significa acumular, isso se deu pois esses animais conseguem juntar uma grande quantidade de alimentos em suas bochechas.

O hamster sírio é um roedor de pequeno porte e bastante dorminhoco. Porém, ele não é tão preguiçoso quanto parece. O hamster possui hábitos noturnos e em seu ambiente natural chega a correr a distância de 8km de uma vez só!

A seguir, mostramos as questões relevantes sobre o comportamento, a saúde, o porte físico e a reprodução do hamster sírio; acompanhe:

Tamanho do Hamster Sírio:

Essa é uma das principais razões desse animalzinho ser tão popular no Brasil, já que dentro da espécie ele é considerado grande, em média tem de 15 a 18 cm e pode pesar de 90 a 150g.

O seu pelo tem um tom dourado, sendo escuro por fora e mais claro na região da barriga. Aliás, como o próprio nome sugere, esse hamster é originário do deserto da Síria e a sua pelagem padrão serve como uma camuflagem na areia.

Por meio dos diversos cruzamentos feitos por nós humanos, atualmente esses pequeninos tem pelagens nas mais diversas cores: marrom, avermelhado, preto, albinos e branco cinzento.

Comportamento do Hamster Sírio:

Como gosta de brincar e se exercitar, é importante que o hamster sírio tenha acessórios em sua gaiola, como a famosa rodinha de hamster. Afinal, um hamster pode correr cerca de 3 km por dia, uma excelente marca para um bichinho tão pequeno, não é mesmo?

Você pode também gostar deste post: Hamster sírio e hamster chinês hibernam?

Apesar de brincalhão, o hamster sírio adulto gosta de levar uma vida solitária; quando tem alguma companhia habitando seu espaço, ele pode se tornar agressivo e tende promover brigas – a não ser que sejam todos hamsters filhotes ainda.

hamsters-filhotes

Nem mesmo a mãe com o seu hamster bebê se dão muito bem após o período de amamentação, portanto esse definitivamente não é o hamster ideal para quem quer ter mais de um companheirinho em casa.

Por isso, caso pretenda ter mais de um hamster sírio, o melhor é deixar cada um em seu próprio espaço, com uma certa distância entre as gaiolas.

Esse é um animal de hábito noturno, começando suas atividades no início da noite. Ou seja: nada de trocar a forragem da gaiola ou alimentá-lo durante o dia, enquanto ele dorme.

Este hamster se caracteriza por ser dócil, amigável e muito divertido – é uma ótima opção de pet para quem tem crianças em casa por ser muito fácil de cuidar.

Saúde e expectativa de vida do Hamster Sírio:

Quando em boas condições de saúde, seu hamster apresenta as seguintes características:

  • Pelo sem falhas e macio;
  • Olhos brilhantes;
  • Focinho seco;
  • Bom apetite;
  • Orelhas em pé.

O tempo de vida do hamster sírio adulto não é muito longo (vive de 2 a 3 anos), então é aconselhável adquirí-lo enquanto ainda hamster filhote – em torno da 4ª ou 5ª semana de vida.

Você pode também gostar deste post: Como calcular o tempo de vida de um hamster em relação ao tempo de vida humano?

Então, quais os principais tipos de Hamster Sírio:

Hamster Sírio “padrão”:

Apesar de suas diferentes colorações, o hamster sírio originário do deserto da Síria possui o padrão de pelagem areia-dourado, que na natureza é importantíssima pois tem a função de camuflagem, já que esses pequeninos vivem em regiões de deserto.

hamster-sirio-bebe

Hamster sírio panda:

Como o próprio nome diz, o pelo desse hamster é mesclado em preto e branco, como o urso chinês; ele é uma variação do roedor de pelo curto.

Porém, as diferenças param por aí, já que não há mudanças físicas ou comportamentais no panda com os demais membros da família.

hamster-sirio-panda-preto-branco

Hamster sírio angorá:

Esse tipo deriva de pelagem densa e longa, e não depende da cor. Assim como o panda, o hamster angorá não apresenta mudanças (físicas ou de comportamento) em relação ao sírio. Como tem o pelo comprido, o cuidado com a gaiola deve ser mais frequente.

hamster-sirio-angora

Hamster Sírio Rex:

Esse último exemplar possui pelos ondulados que podem se apresentar em diversas cores.

hamster-adulto

Aliás, quanto custa um Hamster Sírio?

Antes de passar em um petshop para comprar o seu lindo hamster sírio branco, preto, angorá, rex ou qualquer outra variação que tenha amado, talvez seja interessante procurar grupos de doação em seu bairro.

Como esses pequeninos se reproduzem de modo muito rápido, há vários grupos especializados na doação dos hamsters sírios. Então, mãos a massa e tente conseguir seu melhor amigo sem gastar nenhum tostão.

Caso não encontre essa opção aí perto de sua casa, então a outra “saída” é comprar esse pequeno hamster filhote em um petshop. Normalmente o preço de um hamster varia entre R$ 20,00 e R$ 50,00 reais, portanto não será muito custoso conseguir esse maravilhoso companheiro para o seu lar.


VEJA TAMBÉM:


Quanto tempo vive um hamster?

Hamster sírio e hamster chinês hibernam?

Furão do Ártico, Furão Branco ou Furão Albino.


guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador do site Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador do site Clube dos Bichos.


Referências Bibliográficas:

Medina, M. P. Efeitos do enriquecimento ambiental no comportamento e bem-estar de animais de laboratório convencionais. LUME – Repositório Digital da UFRGS. 2012.

WHITTAKER, D. The laboratory hamster. In: POOLE, T. (Ed.). The UFAW Handbook on the Care and Management of Laboratory Animals. Blackwell Science Publications, Oxford: 1999. v. 1. p. 356-366.

Miguchi, R. Como cuidar de hamster – Manual Completo. 2004.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: