Fique conectado

Alimentação

Cachorro pode comer melancia?

Deliciosa e refrescante: saiba agora os benefícios dessa fruta e como inseri-la na dieta de seu cão.

Publicado

em

cachorro pode comer melancia

É comum que os tutores queiram variar a alimentação dos pets. Tanto pelos olhares pidões quanto pela busca de novos nutrientes e sabores para nossos peludos. Mas, com essa vontade, chegam também muitas dúvidas a respeito dos alimentos liberados ou não para os pets. Por exemplo, uma das dúvidas mais comuns que recebemos é: cachorro pode comer melancia?

Para ajudar todos os tutores de cães, o Clube dos Bichos preparou uma série de conteúdos sobre legumes, frutas e vegetais que suscitam dúvidas na hora da inclusão na alimentação dos pets. Assim, você varia a dieta dos seu melhor amigo sem medo de prejudicar a saúde dele! 

E hoje vamos te contar mais sobre essa fruta refrescante que os cães costumam adorar. E aí, será que ela está liberada? Vem com a gente descobrir! 

Propriedades da melancia.

A melancia é uma fruta bastante popular no Brasil e nos países tropicais por ser bastante refrescante. Isso está diretamente relacionado a uma característica dela: 92% de sua composição é feita de água e apenas 6% de açúcar! Deliciosa e muito saudável. 

Além disso, é uma excelente fonte de vitaminas A, B6 e C, além dos sais minerais fósforo, magnésio, potássio, sódio e cálcio. 

Apesar de também ser encontrada com polpa branca ou amarela, a maior parte das espécies que temos aqui no Brasil apresenta a cor vermelha. Isso indica a presença de licopeno, um potente carotenóide antioxidante que faz muito bem aos nossos animais, como veremos a seguir. 

Por fim, a fruta possui alta concentração de fibras e também encontramos zinco em sua composição.

Atuação da melancia no organismo do cachorro.

Essa fruta surpreende quando o assunto é o benefícios da melancia para o corpo dos animais. 

O primeiro ponto importante é a ação da vitamina A, já que a melancia tem alta concentração dessa substância, a melancia é uma ótima aliada na prevenção de doenças oculares e na conservação da pele e dos pêlos de nossos animais.

cachorro pode comer melancia

Também presentes na melancia, as vitaminas B6 e C certamente garantem um reforço importante no sistema imunológico de nossos peludos.

Por fim temos o licopeno, com sua ação antioxidante, é um aliado no retardamento do envelhecimento e até mesmo na prevenção de doenças cardíacas e até mesmo tumores e cânceres. Isso porque ele combate os radicais livres, principais inimigos quando o assunto é o aparecimento desses males. 

Por ser um carboidrato, a melancia possui açúcar. Nesse caso, estamos falando da frutose, uma substância essencial para garantir a energia de seu melhor amigo. 

Para completar tudo isso, a alta concentração de água desse alimento tem uma ação invejável no organismo de nossos animais. Primeiramente, ela hidrata seu cão até nos dias mais quentes, evitando problemas de desidratação. Sendo assim, ela ajuda no sistema urinário pois regula e estimula a ação dos rins. Além disso, por também possuir muitas fibras, a ação em conjunto com a água produz um bolo fecal mais consistente, ajudando o sistema digestivo, especialmente o intestino de seu animal. 

Ufa! Um alimento completo!

Mas melancia faz mal para cachorro?

Falando apenas da ingestão do alimento, a resposta é não! Muito pelo contrário, melancia para cachorro faz bem, mas o excesso pode acarretar em problemas na saúde do seu animal. 

Isso porque, por ser rica em frutose, o acúmulo dessa substância pode evoluir para um quadro de diabetes. Mas, tendo cuidado com as porções esse problema está descartado. 

Então, cachorro pode comer melancia?

A resposta, depois de todas essas considerações, é bem óbvia: sim! Cachorro pode comer melancia.

A fruta é uma ótima pedida, afinal os peludos costumam adorar essa delícia. Inclusive, a melancia para cachorro filhote também é bom, ou seja, até mesmo cachorro filhote pode comer melancia.

Só é preciso ter atenção a alguns pontos quando o cachorro come melancia.

A primeira delas é respeitar sempre o gosto do seu animal. Você pode observar que os outros cachorros adoram a fruta mas o seu o evita. Não há nenhum mal nisso! Os paladares são diferentes e seu melhor amigo pode não ter se adaptado a esse alimento. Respeite-o e ofereça outros ingredientes tão saudáveis quanto a melancia, certamente ele irá gostar de algum!

shih tzu pode comer melancia

Mas, se seu cão adora melancia, a preocupação deve ser outra. Porém, não baseie a dieta dele em apenas um alimento, e com a melancia não é diferente. Apesar de muito nutritiva, ele precisa ingerir outros grupos de nutrientes para ter uma alimentação balanceada. 

Para terminar as recomendações, vale uma regra de ouro: sempre avise o médico veterinário responsável por seu animal as mudanças alimentares que você fizer na dieta de seu cão. É ele que poderá dar um direcionamento personalizado de acordo com as necessidades do seu cãozinho. 

Dicas para oferecer melancia ao seu cachorro.

Você pode também gostar deste post: Cachorro pode comer batata doce?

Aliás, qual a frequência que o cachorro pode comer melancia?

Não há um uma recomendação padrão quanto a frequência correta, pois isso varia de acordo com o porte de seu animal. Caso ele seja de pequeno porte, você pode oferecer de 1 a 3 porções por dia. Agora, se ele tiver grande porte, você pode aumentar para 3 a 5 porções. 

Mas apenas evite que essas porções sejam ofertadas perto das refeições maiores, para não prejudicar a dieta dele. 

Recomendamos sempre alinhar as quantidades e a frequência com o médico veterinário responsável, ok?

Formas de oferecer melancia para cachorro.

A forma clássica de oferecer a melancia ao seu animal – e que eles adoram! – é crua, cortadinha em pedaços. Eles costumam gostar muito quando ela está in natura. Então, a sua única preocupação deve ser a higienização e a retirada da casca da melancia e de seus caroços, como elas não são bem digeridas pelos animais, você deve oferecer apenas a polpa. 

Mas há outra maneira deliciosa e refrescante de ingestão que é congelada ou em picolé! Isso mesmo. E imagina o sucesso que essas formas não fazem com os peludos?

O Clube dos Bichos te ensina a fazer o picolé de melancia e outras mais de 30 receitas no ebook produzido em parceria com a médica veterinária Lívia Dias! Adquira seu livro e faça a festa dos animais aí em sua casa.

Você pode também gostar deste post: Cachorro gordo: quais os riscos e como resolver o problema da obesidade canina.

Quando oferecer melancia para cães?

Você pode oferecer todos os benefícios da melancia em diversos momentos do dia, mas principalmente na hora de adestrar o seu cão, como bonificação e quando estiver brincando com ele são momentos altamente aconselháveis para oferecer a fruta. 

Além disso, se o seu cão for de uma raça que tem propensão a problemas oculares, como Golden Retrivier e Cocker Spaniel, você pode investir um pouco mais na fruta para ajudar no retardamento dessas doenças. 

Já está considerando incluir a melancia na dieta de seu cão? Após esse conteúdo esperamos que sim! 
Além da melancia, falamos um pouco mais da beterraba e os benefícios desse tubérculo na dieta de seu cão. Vem ler!

Siga o CLUBE DOS BICHOS no InstagramFacebook YouTube. Um abraço e até a próxima!


guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.


Referências Bibliográficas:

Couto, H. P. e Corte Real, G. S. C. P.. Nutrição e Alimentação de Cães e Gatos. Aprenda Fácil Editora. 2019

França, J.. Alimentos convencionais versus naturais para cães adultos. Tese de Doutorado. 2009.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: