Fique conectado

Fases da Vida

De quanto em quanto tempo a cadela entra no cio?

Publicado

em

O período da cadela no cio por vezes é confuso e difícil para os tutores. Pensando nisso…. você saber de quanto em quanto tempo a cadela entra no cio?

No decorrer do ciclo estral da cadela, é preciso que você esteja preparado e consciente para saber o que pode ou deve acontecer. Isso inclui se questionar se uma ninhada de cachorrinhos é uma boa opção, para o seu animal e para você.

Vamos entender melhor sobre como serão os dias de cio da sua cadela e de quanto em quanto tempo esse cio irá acontecer!

Quando acontece o primeiro cio de uma cadela?

O primeiro cio de uma cadela acontece quando ela atinge sua maturidade sexual. Em geral, o primeiro ciclo da cachorra se inicia entre 6 meses e 2 anos de vida. Porém, isso varia de acordo com a raça, a genética, o porte, o contato social com outros cães e cadelas e a alimentação.

Se você tem uma cadela pequena, é normal que elas apresentem o primeiro cio com até 9 meses de vida. Afinal, elas apresentam um amadurecimento sexual precoce comparado aos animais de maior porte.

Já no caso de fêmeas de porte médio ou grande, sua maturidade sexual surge até os 13 meses de vida. Quanto a raças gigantes, o cio pode demorar ainda mais para ocorrer.

Porém, nem sempre o primeiro cio da cadela é percebido com facilidade, pois é um cio de cachorro ainda não muito bem estabelecido, sendo por vezes mais curto ou mesmo um “cio silencioso”, ou seja, muito pouco característico.

A partir do segundo ou terceiro ciclo estral é que a cadela no cio apresenta períodos mais regulares, com maior possibilidade de prenhez.

de quanto em quanto tempo a cadela entra em cio

Quanto tempo dura o cio de uma cadela?

O ciclo estral das cadelas é composto em quatro fases. Apesar do período de sangramento ser popularmente chamado de cio, apenas depois disso o animal está no período fértil, ou seja, após o período de sangramento é que consideramos o cio de cachorro.

É importante ficar mais atento durante essa segunda fase, já que sua cadela ficará receptiva aos machos.

Sem mais delongas, o cio da cadela, ou o Estro, costuma durar entre 7 a 18 dias, sendo um período variável de cadela para cadela no cio.

Saiba mais sobre cada fase do ciclo estral das cadelas em: Cachorro no cio: O
que é? Quais as fases do cio?

Mas, de quanto em quanto tempo a cadela entra em cio?

As cadelas têm um ciclo estral monoéstrico, o que significa que a manifestação do cio acontece apenas uma vez em cada ciclo.

O ciclo estral da cadela não é influenciado por fatores climáticos ou mesmo pelas estações do ano, o que é comum em outas espécies animais.

Portanto, o ciclo estral da cachorra tem duração aproximada de 7 meses, mas pode variar de 5 a 12 meses, em média. Ou seja, as cadelas terão entre 1 a 3 ciclos de cio por ano.

Em síntese, após a maturidade sexual chegar, não existe um período específico para o cio acontecer. Dessa maneira, a única forma de realmente saber se sua cadela está no cio ou não, é analisando seu comportamento, ou seja, os sintomas da cadela no cio.

Mas, agora que você sabe de quanto em quanto tempo a cadela entra em cio, vamos ver o que podemos fazer para entendermos às necessidades das nossas melhores amigas nessa fase “diferente” da vida delas.

Quais os mais prováveis comportamentos da cadela no cio?

Algumas alterações visíveis marcam a primeira fase do ciclo estral. Logo, no início será difícil perceber algum comportamento diferente da sua cadela.

Um dos primeiros sinais que são percebidos pelo tutor é o surgimento de secreção ou o sangramento na vulva da cadelinha. O que aparece juntamente com outras alterações como o inchaço e escurecimento da vulva.

Após alguns dias, o sangramento cessa e a cadela entra no período fértil. Desse modo, é provável que você note sua cadela mais carente e agitada do que o normal. Em alguns casos, a fêmea pode até mesmo ficar agressiva. Contudo, outro comportamento muito comum é a lambedura excessiva na genital.

de-quanto-em-quanto-tempo-a-cadela-entra-no-cio

Como cuidar da sua cadela durante o cio?

Certamente como você pode imaginar, todos esses dias serão estressantes e exaustivos para a sua cadelinha. Por isso, é seu papel como tutor cuidar bem dela para amenizar esse período.

De fato, é fundamental deixá-la afastada de lugares onde possam ter outros cachorros, caso você não queira que ela fique grávida. Ou ainda, evitar que sua cadela saia de casa sozinha.

Por mais que você queira que seu pet se reproduza, o ideal é que você já saiba, muito antes dela entrar no cio, com qual cachorro a cruza vai acontecer.

Uma boa dica é reforçar uma alimentação saudável para sua amiguinha. Isso se deve porque muitas cadelas apresentam falta de apetite durante o cio. Portanto, sempre verifique se ela está se alimentando corretamente.

Se você e o veterinário da sua cadelinha acharem necessário, fraldas caninas são uma opção. Esse acessório serve como um absorvente no período de sangramento, mas não deve ser utilizado o tempo todo.

Além do básico, não esqueça de dar a atenção que sua cadela pedir. Carinho sempre é bem-vindo! Além disso, também tenha paciência nos momentos de agitação ou irritabilidade… Brigar com a sua amiguinha peluda não irá resolver nada.

Você também pode gostar deste post: Cachorro pequeno para apartamento – Indicações.

A castração da sua cadela é importante?

Por fim, vamos falar um pouco de castração. Essa também é uma forma de cuidar da sua cadelinha, afinal, essa cirurgia evita que o animal passe por todo o estresse do cio.

Além de, claro, evitar diversas doenças que surgem com a quantidade de hormônios que as cadelas recebem por ano. Tais como infecções uterinas, a famosa piometra, ou o desenvolvimento de tumores no útero ou na mama. Ou ainda, também previne que a gravidez psicológica (pseudociese) ou alguma gravidez indesejada afete sua cadela.

Nesse sentido, se você não pretende cruzar a sua cadela, e não quer lhe proporcionar tamanho estresse durante o cio, avalie as condições dela com um veterinário de confiança para realizar a castração. Para enfim decidir o que é melhor para ela e para você.

Lembre-se sempre: A castração é um ato de amor e de carinho com a sua melhor amiga de 4 patas!!!



guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.


SILVA, L. D.; LIMA, D. B. Aspectos da fisiologia reprodutiva da cadela. CONERA, 2018.

DA SILVA, E. I. C. Fisiologia do Ciclo Estral dos Animais Domésticos. Universidade Federal Rural de Pernambuco. 2020.

LUZ, M. R.; SILVA, A. R. Reprodução de Cães. Editora Manole, 2019.

Clique para comentar

Deixe uma resposta