Fique conectado

Alimentação

Permitido ou proibido: saiba se seu gato pode comer ovo

Publicado

em

gato pode comer ovo

O ovo é um alimento extremamente controverso na dieta humana e, com os animais, isso não é diferente. Muitos tutores desejam inserir esse ingrediente na rotina alimentar dos felinos e nos perguntam: meu gato pode comer ovo? 

Mas hoje, o Clube dos Bichos vai te mostrar se você pode dar ovo para gato ou não e também se existem melhores formas de preparo para nossos bichanos.

Fique com a gente! E aproveite para tirar todas as dúvidas que você tem sobre este alimento para gato.

Gatos podem comer ovos? A resposta genérica é sim, mas…

De uma maneira geral, o ovo é um alimento liberado para os felinos. Mas, o que os tutores devem sempre se atentar são as formas de apresentação. Isso porque alguns preparos não são benéficas à saúde de nossos peludos.

Com casca ou sem? Cru ou cozido? Meu gato pode ingerir tanto a clara quanto a gema? Vamos te mostrar agora!

O ovo: características gerais.

O ovo é uma das fontes de proteínas mais conhecidas. E não é para menos, ele tem alta digestibilidade, sendo uma das proteínas de maior qualidade e mais biodisponível, ou seja, a mais bem absorvida e aproveitada pelo organismo dos nossos amigos gatos.

A clara do ovo é rica em albumina, uma proteína fundamental para o controle da viscosidade e qualidade do sangue. Aliás, é responsável pela regulação e manutenção do pH do organismo dos gatos, o transporte de nutrientes como magnésio e cálcio e até mesmo de hormônios.

Além disso, a musculatura também ganha muito com a ingestão do ovo: os gatinhos podem ganhar massa muscular ou até mesmo reconstruir essas fibras com a ajuda da proteína. 

Minerais

Igualmente, quando falamos de minerais, o ovo também dá um show: fonte de selênio, com alto poder antioxidante, que previne o envelhecimento e até mesmo o câncer.

O selênio regula as atividades da tireóide, ajudando a transformar o hormônio T4 em T3, além disso é um ótimo aliado do sistema imunológico, combatendo até mesmo aquelas infecções virais. 

O ovo para gato é fonte também de enxofre que ajuda a cuidar da pele, unhas e pelos dos nossos bichanos, isso porque ele é importante para a produção de colágeno e queratina.

Vitaminas 

Além da conhecida albumina, o ovo carrega também a colina e a luteína. 

A primeira (albumina) é uma grande companheira de vários bons funcionamentos do organismo de nossos gatos: ela ajuda as atividades cerebrais, coronárias, musculares e até celulares.

Além disso, a albumina cria uma barreira de proteção no fígado dos animais, que dificulta que a gordura e o mau colesterol se acumulem sobre ele. 

Já a segunda, a luteína, é uma companheira dos olhinhos de nossos gatos. Aliás, é a principal vitamina presente nas membranas oculares dos bichanos, funcionando como um antioxidante, prevenindo a degeneração desse tecido. Por isso, é aliada na luta contra a catarata e o câncer nos olhos. 

Você pode também gostar deste post: Como alimentar um gato recém-nascido com papinha?

A casca do ovo 

Nós, humanos, não temos costume de ingerir a casca do ovo. Mas você sabia que ela carrega diversas substâncias muito benéficas para os gatinhos? 

Ela é rica em cálcio, um mineral importante para o fortalecimento dos ossos e dos dentes dos gatos, além de ser importante na transmissão de impulsos nervosos e até mesmo na contração muscular. 

ovo cru para gato

E, para além da casca, a membrana que reveste internamente essa parte do ovo também é surpreendentemente muito interessante para os gatos! Ela possui quatro substâncias que merecem ser citadas: colágeno, glucosamina, condroitina e ácido hialurônico.

O colágeno 

Essa proteína é fundamental para a pele, para os ossos, os músculos e os tendões. Ele dá elasticidade para todas essas partes, dando ainda mais força para os bichanos. 

A glucosamina 

Já a glucosamina tem papel importante na redução das inflamações em geral, das dores nas articulações e também age para a reparação das cartilagens dos felinos. 

A condroitina

Aliás, ainda falando sobre cartilagens, a condroitina estimula a produção do líquido sinovial, uma substância que nutre e lubrifica o tecido cartilaginoso. 

O ácido hialurônico

Essa substância já é bem conhecida pelos humanos. Ele é um dos componentes do líquido sinovial citado acima, e por isso fornece às cartilagens nutrientes importantíssimos para a recuperação de processos inflamatórios. 

Devido a todas essas substâncias importantes e benéficas ao corpo dos animais, você já sabe que o gato pode comer casca de ovo. Então, que tal fazer uma farinha bem fininha para seu bichano? Ele certamente vai adorar! 

Mas existem contraindicações em dar ovo para gato? 

A principal dúvida em relação à ingestão do ovo é em relação ao colesterol.

Isso gera grandes debates pois a maioria das pessoas relaciona o colesterol com algo extremamente nocivo aos organismos. 

Mas a  primeira coisa que devemos levar em conta é que o colesterol é uma gordura importante para o corpo, já que ela ajuda a produzir hormônios. 

Nesse sentido, o importante é não exagerar na oferta do ovo para os gatinhos. Dessa forma, ele terá um nível controlado de colesterol que advém dessa forma de proteína. 

Você pode também gostar deste post: Papinha para gatinhos e cachorrinhos filhotes: como fazer na prática?

Formas de preparo de ovo para gato comer.

Como sabemos, o ovo é extremamente versátil e temos diversas formas de ofertá-lo aos gatinhos. 

Você pode oferecê-lo cozido, já que o gato pode comer ovo cozido após ferver em água. Porém, prefira deixar a gema mole, afinal quanto menos tempo ele passar em cozimento, mais nutrientes terá o ovo cozido para gato.

O ovo mexido gatos também podem comer, aliás eles costumam costumam adorar este preparo!!! 

Quanto ao ovo frito, prefira não oferecer essa opção, portanto a recomendação é que gato não pode comer ovo frito. A gordura utilizada para fritar o ovo geralmente libera substâncias tóxicas aos animais.

Da mesma forma, independentemente da forma de preparo, evite especiarias e até mesmo o sal, pois isso pode contaminar seu animal. 

Mas doutor(a), posso dar ovo cru para gato comer?

gato pode comer ovo

Essa é apenas uma amostra das perguntas que sempre recebemos em nosso canal do YouTube.

Um questionamento interessante e muito comum, pois ovo cru para gato sempre gera polêmicas. Mas será porque podemos dar ovo cru para gato? Ou mesmo apenas a gema de ovo para gato comer? Realmente gato pode comer ovo cru?

Os gatos apresentam o pH do estômago extremamente ácido, o que impede a proliferação da bactéria Salmonella no organismo de nossos gatinhos. Portanto, a ocorrência comum de infecções em nós humanos é descartada quando o gato como ovo cru.

pode-dar-ovo-para-gato

E quais os benefícios em dar ovo cru para gato?

A claras cruas contêm um antinutriente chamado avidina – proteína que impede a absorção da biotina, uma vitamina importante do complexo B. Porém, isso se torna um problema apenas quando o gato tem o costume de comer a clara crua, sem a gema.

Isso porque a gema contém grande quantidade de biotina, o que contrabalanceia a presença da avidina da clara, evitando a deficiência vitamínica. Por isso, saiba também que a gema de ovo para gato é bom!!!

Além disso, o ovo pode ser oferecido como petisco para seu animal! No nosso ebook em parceria com a médica veterinária Lívia Dias, trazemos mais de 30 receitas de snacks. Entre elas, temos biscoitos que levam ovos e até mesmo um snack de atum especial para os bichanos! Clique e adquira o seu

petiscos-caseiros-gato

Quando oferecer ovo para gatos? 

Esse cálculo deve ser feito sempre com o médico veterinário responsável pelo seu animal, já que ele vai saber de forma personalizada as necessidades dele. Isso vai depender do peso, estilo de vida e outras variáveis. 

Mas, de forma geral, os ovos podem ser oferecidos duas vezes por semana, independentemente da forma de apresentação. 

gato-pode-comer-ovo

E os ovos de codorna? 

Os ovos são benéficos sempre, não importa de qual espécie estamos falando. Os gatinhos costumam amar os ovos de codorna então, se você preferir, pode oferecê-los. 

Nesse sentido, pode ter sempre essa conta em mente: um ovo de codorna equivale a ¼ do ovo de galinha. Sendo assim, converse com o médico veterinário e estipule a quantidade ideal dessa proteína na dieta de seu animal. 

E aí, gostou do conteúdo sobre se pode dar ovo para gato? Temos muitos outros sobre a alimentação de cães e gatos para auxiliar os tutores em relação à dieta dos animais. 

Fique ligado em nosso conteúdo e até a próxima!


guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.



Referências Bibliográficas:

Medeiros, F. M.; Alves, M. G. M.. QUALIDADE DE OVOS COMERCIAIS. REVISTA ELETRÔNICA NUTRITIME, 2014. (acesso em 25/08/2020)

Mazzuco, H.. OVO: ALIMENTO FUNCIONAL, PERFEITO À SAÚDE. Embrapa Suínos e Aves. (acesso em 24/08/2020)

Milbrandt, B. G., et al. Casca de ovo como fonte de cálcio para humanos: composição mineral e análise microbiológica. Ciência Rural. 2015 (acesso em 23/08/2020)

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: