Fique conectado

Alimentação

Petiscos para cachorros: um guia completo sobre os queridinhos dos cães.

Publicado

em

Conheça os principais tipos de petiscos para cachorros, o que pode e não pode ser oferecido e mais informações sobre os snacks.

Ver os cãezinhos alegres pela casa é uma das maiores felicidades dos pais e mães de cachorros. E um dos principais motivos da alegria dos pets certamente são os petiscos que os tutores oferecem para os animais comerem. Porém, ainda existem muitas dúvidas sobre eles: são saudáveis? Quais fazem bem para a saúde dos cães? Posso dar de quanto em quanto tempo? Hoje o Clube dos Bichos traz o Guia Completo sobre Petiscos para Cachorros

Fique com a gente e tenha a resposta de todas essas dúvidas!

O que são petiscos para cachorros? 

De forma geral, os petiscos são alimentos que damos aos cães. Chamamos também de snacks, já que são comidinhas rápidas que não equivalem à refeições. 

Eles podem ser naturais, caseiros ou até mesmo prontos. Podem ter diversas texturas, aromas, formatos e, é claro, sabores. Aliás, a vantagem disso é que dificilmente você não conseguirá agradar seu melhor amigo. 

Então, vale lembrar que para além da alimentação, os petiscos servem também para bonificar, distrair e alegrar seu pet.

Mas qual a quantidade posso dar dos petiscos para pet? 

Apesar das diversas vantagens e possibilidades que os petiscos de cachorro oferecem, é preciso ficar atento a algumas questões na hora de introduzir essas guloseimas na dieta dos animais. Uma delas é a quantidade.

Sabemos que tudo em excesso não é positivo e a mesma regra é válida quando falamos dos snacks. Para saber a quantidade ideal que pode ser dada a seu cão, é preciso fazer uma relação com seu porte. Em média, cães de pequeno porte podem ganhar de 2 a 3 porções de petiscos por dia; já cães de grande porte já podem receber de 3 a 5 porções. 

biscoito-para-cachorro

Mas é importante sempre lembrar de conversar com o veterinário que faz o acompanhamento de seu pet sobre o assunto para ele determinar as porções de forma mais precisa.

Para além disso, é importante lembrar que snacks industrializados devem ser oferecidos em menor quantidade, ou evitados, por terem mais ingredientes industrializados, como vamos discutir a seguir.

Diferença entre petiscos naturais, caseiros e industrializados para cachorros.

Certamente é preciso ficar atento às diferenças entre os tipos de petiscos para oferecer sempre o melhor ao seu cão. 

Petiscos naturais são aqueles que não passam por nenhum processo de transformação. Frutas, legumes, sementes que, após serem higienizados pelos tutores, são oferecidos de forma porcionada aos animais. 

Já os petiscos caseiros são aqueles feitos em casa, com ingredientes naturais. Receitas que podem ir ao forno, serem cozidas ou até mesmo ir à geladeira. As regras de ouro aqui são a praticidade e o alto valor nutricional.

Por fim, temos os petiscos prontos (industrializados). Eles passam por processos industriais e geralmente possuem atrativos como aromas e texturas que à primeira vista parecem ótimos, mas infelizmente podem fazer mal aos animais. 

Por isso, é sempre mais interessante investir em snacks naturais e caseiros. Com eles, você tem a garantia de alimentos saudáveis e que não são ultraprocessados. Mais saúde e disposição para seu melhor amigo!

Veja aqui os principais problemas problemas causados pelos snacks industrializados.

petisco para caes

Mas quando dar petiscos para cães?

Respeitando o máximo de porções indicadas para seu cachorro, não há um direcionamento geral de qual horário do dia é melhor oferecer os petiscos. Assim, é importante apenas lembrar de não dar snacks perto das refeições maiores de seu animal. 

Além disso, é interessante pensar também nos petiscos como forma de bonificação. Seu cãozinho fez algo positivo? Teve um bom comportamento? Essa pode ser a hora ideal de bonificá-lo com um snack. 

Por fim, é possível utilizar os petiscos caninos em brincadeiras que o exercitem, o façam correr e sair de posições sedentárias, especialmente se seu companheiro estiver acima do peso. Saúde e felicidade de uma vez só!

Petiscos para cachorros como forma de adestramento.

Assim como falamos anteriormente, os petiscos são ótimos não só para a dieta de seu cão, mas por serem bonificadores de comportamento. É por isso que também são grandes aliados nos processos de adestramento

biscoito-parar-cachorro

Primeiramente, identifique qual snack seu cãozinho mais ama. Em seguida, ensine alguma ordem que deseja que ele obedeça – fazer xixi no lugar certo, dar a patinha, parar de comer um objeto ou qualquer outro comando.

Caso ele cumpra o que você o ensinou, diga palavras de encorajamento e logo em seguida dê o snack mais amado por ele. A tendência é que ele associe o bom comportamento ao ganho do petisco para cachorro.

O que pode ser dado em suas receitas de petisco saudável para cachorro?

Todos os alimentos naturais, como frutas e legumes estão liberadas para os animais, certo? Errado! 

Alguns ingredientes, ainda que in natura, possuem componentes tóxicos, que podem fazer muito mal ao seu cão. Por isso, separamos uma lista de petiscos liberados:

  • Banana
  • Maçã
  • Melancia
  • Cenoura
  • Damasco
  • Manga
  • Abóbora
  • Atum
  • Pera
  • Manjericão
  • Frango (sempre cozido)
  • Beterraba
  • Amendoim 
  • Damasco
comida caseira cachorro

E lembre-se: higienize bem os alimentos, retire cascas, caroços e sementes. Porcione em pequenas quantidades para que seu cão não engasgue – isso pode acontecer se ele estiver muito animado ou afobado com o petisco. Assim, não há nenhum risco para a saúde dele.

Veja os alimentos tóxicos e proibidos para os cães.

Assim como alguns alimentos são liberados, outros estão proibidos. Separamos alguns deles: 

  • Chocolate
  • Cerveja
  • Cebola
  • Pimenta
  • Nozes
  • Abacate
  • Carambola
  • Camarão
  • Uva
  • Cereja
  • Macadâmia

Aqui, a regra é clara: mesmo com olhar pidão, nada de oferecer esses alimentos aos pets, ok? Mesmo sendo difícil resistir à suas carinhas, você estará fazendo mais pela saúde deles!

Essa é uma das formas menos invasivas e violentas de adestramento. O seu cão se sentirá estimulado e não apenas obrigado a realizar uma tarefa. 

A técnica funciona melhor para filhotes de cachorro, mas, apesar de geralmente demandar mais tempo, também é eficaz para cães com mais idade. 

Bônus: receitas caseiras de petiscos para pets.

Receita – Biscoito de Frango e Manjericão.

Ingredientes:

  • 200 gramas de peito de frango sem pele cozido em água, desfiado ou cortado em cubos.
  • Um ovo inteiro.
  • farinha de trigo integral (1 xícara de chá).
  • farinha de aveia (1 xícara de chá).
  • 1 colher (de sopa) de folhas frescas de manjericão.
  • 1 colher (de sopa) de azeite de oliva extra virgem.

Modo de Preparo:

Bata o peito de frango cozido no liquidificador com o ovo, o manjericão e o azeite. Em uma vasilha, misture as farinhas e acrescente a mistura do liquidificador. Sove bem a massa até desgrudar das mãos.

Então, abra a massa sovada em uma mesa levemente untada com azeite, deixando-a mais ou menos com meio centímetro de altura.

Por fim, corte os biscoitos em formatos da sua preferência e coloque os biscoitos em uma assadeira untada com azeite. Leve ao forno pré aquecido a 180ºC e asse por cerca de 20 minutos ou até os biscoitos dourarem.

Então, gostou dessa receita de petisco para cachorro e todas as outras dicas? Nós do Clube dos Bichos, em parceria com a médica veterinária Lívia Dias, preparamos um ebook com mais de 40 receitas de petiscos para seu pet! Temos receitas com todos os ingredientes liberados acima e que certamente farão sucesso com seu cão. 

Cubinhos de Blood Mary? Cupcake de manteiga de amendoim? Bifinho caseiro para cachorro? Acesse o link e garanta seu exemplar

Aliás, o que mais você deseja saber sobre os petiscos para cães? Conte pra gente aqui nos comentários. 

Até a próxima!


guilherme rezende

Guilherme Rezende


Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador do site Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro


Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador do site Clube dos Bichos.


Referências Bibliográficas:

OGOSHI, R.C.S.; REIS, J.S.D.; ZANGERONIMO, M.G.; SAAD, F.M.D.O.B. Conceitos Básicos Sobre Nutrição e Alimentação De Cães e Gatos. Universidade Federal de Lavras. 2015 (acesso em 17/05/2020)

Berschneider, Helen M. “Alternative diets.” Clinical techniques in small animal practice 17.1 (2002): 1-5

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: