Fique conectado

Saúde

Adestramento de cães: entenda como funciona.

Equipe Clube dos Bichos

Publicado

em

adestramento de cães

Compreenda mais sobre a prática e algumas especificidades do adestramento de cães!!!

Os nossos melhores amigos nos divertem, alegram o ambiente e são capazes de mudar toda a energia da casa. No entanto, muitos tutores ainda sofrem com maus comportamentos, que podem surgir ainda quando os cães são filhotes e se estender durante toda a vida dos animais. E é aí que surge um poderoso aliado: o adestramento de cães. 

Aliás, o adestramento é a melhor forma de educar seu animal de um modo saudável e positivo. Entretanto, ainda surgem muitas dúvidas sobre a prática: quais são as melhores técnicas? Quando começar? Quais são os comandos mais eficazes? Que profissionais podem me ajudar na educação de meu cãozinho?

O Clube dos Bichos preparou um guia completo sobre adestramento. Fique com a gente e saiba tudo sobre essa prática!

O que é o adestramento de cachorro?

O adestramento é uma ferramenta da psicologia comportamental voltada para os animais terem um bom relacionamento com seus tutores e com a sociedade em geral, incluindo aqui os próprios animais. 

Por isso, é importante entender que o adestramento não é voltado para obrigar os cães a fazer o que seus donos desejam ou robotizar suas ações, a ideia é sempre educá-los. Ademais, minimizam questões como ansiedade e depressão.

Quais os tipos de adestramento para cães.

Existem diversos tipos de adestramento, voltados para diferentes fins. Conheça alguns:

  • Adestramento de cães [ básico ]: feito para o cão entender apenas comandos simples e induzir bons comportamentos. 
  • Adestramento de cães [ avançado ]: voltado para práticas esportivas, como show dog, IGP, Mondio Ring, agility  e para cães de trabalho, como cães guia, cães de assistência, cães de resgate, cães policiais, para guarda patrimonial e para vigilância, bem como os cães pastores. 
  • Socialização ou “sociabilização”:  indispensável para que o cão possa aprender a se comportar bem com outros animais, pessoas e situações diversas.
  • Adestramento para reabilitação: ideal para os cães que têm comportamento inadequado e precisam melhorar o relacionamento com os tutores.
  • Adestramento para filhotes [ Puppy Class ]: recomendado até os 4 meses para o animal desenvolver comportamentos adequados na vida adulta.
adestramento de cães

Como iniciar um bom adestramento de cão filhote ou adulto?

A primeira coisa que você deve ter em mente ao iniciar o processo de adestramento é que os ensinamentos e comandos devem ser feitos de forma constante.

Afinal, se você dedicar pouco tempo aos treinamentos, seu cão não entenderá que aquilo é algo sério e que deve ser obedecido. Nesse sentido, quanto antes você começar, melhor, pois não existe cachorro tão novo que algum trabalho não possa ser iniciado. 

Antes de partir para a prática, é importante que você estude as melhores formas de adestramento, aquelas que você considera mais interessante e, especialmente, entender quais são os principais erros e comportamentos inadequados de seu cão.

Dessa maneira, você entenderá quais são os tipos de treinamentos mais indicados e até mesmo qual tipo de profissional/adestrador procurar para ajudá-lo. Para isso, procure especialistas capacitados e que utilizem métodos não coercitivos, porque hoje sabemos que o treinamento com aversivos prejudica sua relação com o cão e também gera sequelas posteriores.

Você pode também gostar deste post: Adestramento: será que é isso que o meu animal precisa?

Por fim, crie uma rotina agradável de treinamentos para você e seu cão. Aliás, não se esqueça que esse também precisa ser um momento de conexão e carinho, e não de gritos e dor, como muitos pensam.

Quando estiver com a rotina criada, não se esqueça de também orientar e ensinar seu cãozinho em outros momentos ao longo do dia, sempre com amor e respeito.

Quanto tempo dura o adestramento de cães?

As sessões de treinamento devem durar cerca de 50 minutos.

No início, boa parte da sessão será para ensinar você o que fazer, visto que os bons profissionais, adestradores ou adestradoras, lhe orientam como praticar, de modo adequado, a educação com o seu bichinho. Quanto mais você e o seu cachorro progridem, menor será a teoria e maior a parte prática.

Mesmo que você tenha optado pelo adestramento com profissional, procure manter essa rotina diária de 50 minutos de treinamento em casa, só com você.

Converse com o profissional responsável e procure saber quais são os comandos que você pode dar durante essa hora de treinamento diário. Os laços de vocês irão se estreitar e ele terá mais clareza por estar em um ambiente que já é familiar. 

Durante as outras 23 horas do dia, procure não estressar ou cobrar seu cão em excesso com relação ao adestramento, mas você pode dar ordens e comandos pontuais.

Pequenas sessões de 5 min fazem muita diferença! Para ter sucesso, nunca esqueça de oferecer recompensas e muito carinho.

Aliás, como usar da recompensa na ajuda para o adestramento de cães.

Semelhantemente ao que acontece com os humanos, os cães precisam de estímulos para obedecer e manter-se respeitando as regras. A melhor forma de recompensa certamente são os petiscos, dê sempre preferência aos petiscos saudáveis, como esses disponíveis aqui no ebook do Clube dos Bichos.

como adestrar cão

Escolha os snacks que seu cão mais adora e sempre ofereça ao final de uma tarefa bem sucedida. Você também deve dizer palavras de estímulo, como “É isso aí!”, “Muito bom!, “Parabéns!”, entre outras. 

Entretanto, alguns animais trabalham mais estimulados quando brinquedos ou carinho são utilizados como reforço. Observe qual o perfil do seu amiguinho para garantir que ele receba a recompensa mais adequada.

E atenção: violência apenas gera mais violência. Se você xingar ou bater em seu cão porque ele não está te obedecendo, você não fará com que ele passe a fazer o certo, apenas irá gerar raiva e estresse em seu bichinho. Não é isso que queremos, certo?

Diferenças na hora de adestrar cão filhote e adulto.

Engana-se quem pensa que há uma única idade para se adestrar seu cão. 

Certamente, a tarefa é menos difícil quando o cachorro ainda é filhote. Isso porque ele não tem muitos vícios de mau comportamento nesta fase, além de ter mais fome e gula, o que ajuda na hora da aceitação dos petiscos.

No entanto, os filhotes estão numa fase propícia a aprender rapidamente e, se você puder, procure adestrar seu cachorro filhote ainda nos primeiros meses de vida. 

Você pode também gostar deste post: Coprofagia: uma visão comportamental sobre esse “problema”.

Porém, se seu animal já for adulto, não se preocupe. Ele provavelmente irá demorar um tempo maior para absorver e praticar os comandos, mas com repetição e condicionamento adequados ele o fará. Nunca é tarde para se aprender algo.

adestramento de cachorro

Raças mais fáceis x mais difíceis de adestrar.

A tendência geral de pensamento é que quanto mais inteligente é a raça, mais fácil de adestrá-la. Na prática, isso sofre mudanças a partir do ambiente em que o animal está inserido e como é tratado.

Conforme comenta o Dr. Fabiano Borba:

clube dos bichos

Fabiano Borba Guimarães

Médico Veterinário Comportamentalista



A aptidão individual é muito mais acentuada do que a aptidão por raça.

Mas, não se preocupe: com a melhor ciência, direcionamento e tempo todos os cães aprendem. No entanto, alguns transtornos podem ser de difícil solução. Nesse caso, você deve procurar um médico veterinário comportamentalista.

Por exemplo, uma avaliação mostrou que um Pug farejou melhor do que outros cães mais utilizados para esse fim

Como adestrar seu cão: comandos básicos utilizados.

A regra de ouro do adestramento é premiar o certo, ignorar o errado.

Isso ocorre porque, muitas vezes, os cães fazem coisas erradas apenas para chamar a atenção dos tutores. Não brigue nem culpe os bichinhos. Prefira premiá-los quando realizarem atos que você os ensinou. 

Diga sempre ordens claras e objetivas usando palavras simples ao invés de comandos com duas ou mais palavras, assim será mais fácil fazer seu cãozinho ficar adestrado.

Aliás, a palavra “comando” vem saindo do vocabulário do adestramento mais moderno, pois sempre damos uma escolha ao animal. Como ser vivo, ele sempre tem uma escolha.

Assim, o termo mais adequado seria “dica”.

adestramento de cães

Esteja atento ao seu cão, por isso evite conversar ou mexer no celular na hora do treinamento. Ele precisa entender que você está 100% dedicado neste momento, assim fica mais fácil oferecer sua concentração total ao treino. 

Durante essa prática, repita algumas vezes o mesma dica/comando. Dessa forma, você irá facilitar o processo de fixação na mente do seu amigo. 

Portanto, as dicas podem ser utilizadaos em diversos contextos: sentar, dar a pata, deitar, “ficar”, se aproximar, entre outros.

Caso seu problema seja com o xixi, mostre o lugar certo e, quando ele acertar, o parabenize. Se ele fizer no lugar errado, apenas ignore e repita os passos anteriores.

Adestramento online.

Existem alguns métodos de adestramento online e eles funcionam muito bem. Existem cursos mais aprofundados em temas específicos e outros mais gerais, com questões mais comuns. 

Portanto, tente procurar treinamentos mais práticos, estude bastante a competência do profissional e o método aplicado por ele. Ademais, pesquise e assista os treinos do especialista antes de contratar, além de verificar o currículo da pessoa, veja que cursos já realizou e peça referências.

Aliás, qual o custo do adestramento de cães.

Os custos dos adestramentos de cães podem variar bastante. Geralmente, cada aula custa entre R$150 e R$300, dependendo de sua região. Então, a dica é colocar na balança a qualidade do trabalho e os custos com um treinamento bem feito.  

E aí, ficou com alguma dúvida sobre o adestramento de cão? Conta pra gente aqui nos comentários que iremos te ajudar. 

Siga o CLUBE DOS BICHOS no InstagramFacebook YouTube. Um abraço e até a próxima!


guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).


Cofundador da plataforma Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro


Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.


Referências Bibliográficas:

O que é um médico veterinário comportamentalista? (What is a Veterinary Behaviorist?).

Bad Dog Behavior: Is It a Medical Problem or a Training Issue? 2012.

Pugs Lead The Pack In Scent Detection Research. 2015.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: