Fique conectado

Fases da Vida

Como saber se o gato é fêmea ou macho?

Publicado

em

como saber se o gato e femea ou macho

A alegria de ter um novo amigo bichano é considerada indescritível para os tutores de gatos. Certamente, saber se o gato é fêmea ou macho é o primeiro desafio de qualquer tutor na escolha de seu melhor amigo felino. A partir daí, surgem várias responsabilidades e a primeira delas é escolher o nome que vai acompanhar os gatinhos bebês por toda vida.

Para isso, é preciso primeiro identificar, o sexo do animal em questão. Porém, saber se você adotou ou comprou gato fêmea ou macho é um desafio para a maioria das pessoas! 

Por isso hoje, o Clube dos Bichos vai te mostrar como descobrir o sexo do seu gato filhote de forma acertada e descomplicada. Então, fique com a gente e venha aprender mais sobre o seu animal! 

Dificuldade em identificar gêneros: Como saber se o gato é fêmea ou macho?

Se você está enfrentando dificuldade em identificar o gênero de seu gatinho, fique tranquilo, você não é o único!

Aliás, temos relatos de diversos casos em que os tutores escolhem nomes femininos para gatinhos que são na verdade machos, ou ao contrário, acreditam que os felinos são machos quando na verdade se tratam de gatos fêmeas. 

Certamente, essa confusão ocorre especialmente em alguns casos: quando estamos falando de gatos filhotes, que apresentam órgãos genitais ainda com pouco desenvolvimento; gatos muito pequenos, que, consequentemente possuem órgãos pequenos; e gatos castrados. 

Por isso, vamos te explicar um pouquinho sobre a anatomia dos bichanos e como fazer para acabar com essa dificuldade em determinar o sexo dos bebês gatos.

testiculos-de-gato-filhote

Um pouquinho de anatomia dos seus gatinhos bebês.

A primeira coisa que você precisa para identificar o sexo de um gatinho é saber sobre os órgãos genitais deles, que tanto nos machos, quanto em gatos fêmeas, ficam localizados na parte posterior do corpo deles, logo abaixo da cauda. 

Por esse motivo, para realizar qualquer identificação nesse sentido, você precisará manter o gatinho mais quietinho por um curto período de tempo, e assim levantar a cauda dele para examinar os órgãos genitais. 

Você pode também gostar deste postGato no Cio: O que é? Quais são as fases?

Aliás, o que precisamos prestar atenção para saber se o gato é fêmea ou macho?

Agora vamos te mostrar três características dos órgãos genitais de machos e fêmeas que permitem a distinção dos dois gêneros. Certamente, quando analisamos esses três itens em conjunto, conseguimos identificar se trata-se de um macho ou de uma fêmea. Vamos lá: 

1. Distância em relação ao ânus: 

A primeira característica que você precisa prestar atenção ao examinar é a distância entre o órgão genital do gato e o ânus dele. Para isso, levante a cauda de seu animal e  identifique o ânus imediatamente logo abaixo da cauda, na base dela. Esse será o nosso referencial de análise.

Nas fêmeas, a distância entre o órgão genital do gato , o ânus e a vulva, é bem curtinha, geralmente há menos de um centímetro entre os dois órgãos. Esse é o padrão chamado de “ponto e vírgula“.

Já nos machos, essa distância é mais considerável até mesmo a olho nu, já que a bolsa escrotal, o primeiro órgão visível dos machos, fica mais abaixo do ânus, com uma distância entre um e dois dedos dele. Esse padrão é chamado de “dois pontos”.

como-saber-se-o-gato-e-femea

2. Perceba quais órgãos você consegue identificar:

Como temos dois gêneros, consequentemente temos órgãos diferentes nos dois casos. E é a partir disso que conseguimos fazer a segunda etapa de análise do gênero dos felinos. 

No caso dos machos, há a presença de dois órgãos: a bolsa escrotal e o pênis. Dessa maneira, caso você desconfie que seu gatinho é um macho, precisa identificar dois órgãos logo abaixo do ânus, sendo, respectivamente nessa ordem: a bolsa escrotal e o pênis. 

Já nas fêmeas, encontramos apenas um órgão externo que é possível ser visualizado: a vulva. Mas, caso você só encontre um órgão abaixo do ânus, provavelmente se trata de um bebê gato do sexo feminino. 

3. Formato e desenho dos órgãos sexuais:

Por fim, a última característica que pode te ajudar a saber se seu gato é fêmea ou macho é o formato dos órgãos sexuais. 

Nos gatinhos macho, a bolsa escrotal e o pênis formam um formato arredondado, enquanto nas fêmeas a vulva apresenta um formato vertical. 

Essa característica somada a que já explicamos sobre o número de órgãos de cada gênero é que resultou em um nome bastante conhecido para aqueles que gostam de gatos: 

  • Fêmeas são consideradas animais “ponto e vírgula”, já que apresentam o ânus (ponto) e logo abaixo a vulva na vertical (vírgula). 
  • Já os machos são animais “dois pontos”, com o ânus (ponto) e a bolsa escrotal e o prepúcio, pele que envolve o pênis, em formato arredondado (ponto). 

Você pode também gostar deste postIdade dos gatos para idade humana: você sabe como calcular?

Mas é possível fazer essa identificação em gatinhos bebês castrados? 

Sim, com essas três características também é possível identificar o gênero em animais adultos castrados, ainda que essa identificação seja mais difícil. 

A dificuldade maior se apresenta em animais que são machos. Isso porque a castração das gatinhas fêmeas não resulta em modificações dos órgãos externos, e sim nos órgãos internos, com a retirada dos dois ovários e do útero. 

Já nos machos, o que ocorre é a retirada dos testículos, que ficam dentro do saco escrotal. Por esse motivo, a bolsa fica mais flácida e menos firme, o que dificulta a identificação do gênero. Mas, como o saco escrotal permanece no mesmo local, todas as dicas continuam válidas, você só vai ter, realmente, um pouco mais de dificuldade na hora de encontrá-la. 

Lembrando que, tanto para machos quanto para gatos fêmeas, a castração é sempre indicada pois resulta em controle populacional e ainda previne diversas doenças que seu bichano pode desenvolver ao longo da vida. 

gatinhos-bebes

E se ainda restarem dúvidas de como saber se o gato é fêmea ou macho:

Quando falamos de gatinhos ainda muito filhotes, nos seus primeiros meses de vida, temos realmente mais dificuldade em identificar o gênero pois os órgãos ainda são muito pequenos e têm pouco desenvolvimento. 

Por esse motivo, para que você não tenha nenhuma confusão em relação ao gênero do filhote, você sempre pode consultar um médico veterinário de confiança caso não tenha conseguido diferenciar os gêneros por conta própria, combinado?

E aí, conseguiu aprender um pouco mais sobre a diferenciação dos gêneros nos bebês gatos? O Clube dos Bichos tem um vídeo especial sobre o tema em que o médico veterinário Guilherme Rezende te mostra como identificar se seu animal é macho ou fêmea. Você pode conferir aqui

Ademais, se você tem mais alguma dúvida sobre a saúde, o comportamento ou o estilo de vida do seu pet? Deixe pra gente aqui nos comentários que vamos te responder. Obrigada pela atenção e até o próximo conteúdo!



guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador da Plataforma Clube dos Bichos.


Clique para comentar

Deixe uma resposta