Fique conectado

Vida de bicho

Gatos quimeras: o que é e como ocorre?

Publicado

em

gatos-quimera

Gatos quimeras são raríssimos na natureza porque o quimerismo é uma característica genética pouco observada tanto no mundo animal quanto na genética humana (quimerismo humano).

Narnia, que está na foto de capa, é um dos gatinhos mais populares do instagram no mundo. Ele é um macho da raça British Shorthair, atualmente com 3 anos de idade, que nasceu em março de 2017, em Paris. Hoje em dia, Narnia vive com sua tutora, Jimenez, na Inglaterra.

Sua principal característica é o lindo rosto de duas cores perfeitamente simétricas: um lado cinza e o outro preto. Essa é uma peculiaridade que poucos tutores tem a oportunidade de presenciar e conviver, e, caso seu gato aparente ter esse traço, há grandes suspeitas de que seja um caso de quimerismo animal.

Todavia, este não é o caso de Narnia.

Com o passar dos anos e com o seu crescimento, a linha divisória entre as cores da pelagem no rosto de Narnia ficou ainda mais evidente e demarcada, e essa aparência incomum intriga até hoje sua tutora e os cientistas.

Foto Original: @amazingnarnia

“Gato de duas caras”: Qual a causa das duas cores da pelagem de Narnia?

No início, acreditou-se que as duas cores da cara do gatinho era proveniente da genética, ou seja, seria mais um caso raro de “animal quimera”. Contudo, os estudos genéticos demonstraram que a pelagem não estava relacionada com o evento do quimerismo nesse gato.

Tanto é assim, que Narnia já foi pai diversas vezes durante esses 3 primeiros anos de vida, sendo que na última ninhada, ele teve dois filhotes, cada um com a cor de pele de um dos lados do rosto do pai. Mesmo não possuindo a característica do pai de pelagem dividida, os dois filhotes não deixam de ser tão lindos quanto seus pais.

gato quimera
Foto Original: @amazingnarnia

Então, o que é considerado um animal quimera?

Quimera, quimerismo ou quimerismo genético, é o termo que a medicina veterinária atribui a indivíduos que possuem dois tipos distintos de DNA em sua constituição. Ademais, esse é considerado um evento raríssimo, seja no mundo animal ou em casos relacionados à medicina humana.

As ocorrências dos gatos quimeras, quando desenvolvidos de modo natural, podem passar desapercebidas por toda a vida do animal.

Já o fenômeno da pelagem de Narnia é incomum, e poderia ser explicado pela junção do DNA de dois animais distintos, ou seja, pela união de seu DNA com um possível outro material genético de um irmão de ninhada não idêntico.

Foto Original: @amazingnarnia

Assim, especificamente no caso do Narnia, a suspeita foi rapidamente levantada simplesmente pela diferenciação das cores de sua pelagem.

Por que o nome “gatos quimeras” se adota para esses casos?

De acordo com o dicionário, há dois significados para o termo quimera: o primeiro está relacionado à biologia e seria a combinação incoerente de elementos diversos, já o segundo conduz ao significado mitológico do termo, que faz referência ao ser mitológico com as características da foto abaixo.

Quimera é uma figura da mitologia grega que possuía a aparência híbrida de vários animais conjugados em um só. Então, a característica de pelagem com duas cores simétricas se quimera por causa da relação entre a raridade genética e a figura grega que leva também esse nome.

Aliás, na Grécia antiga, as quimeras foram descritas ou representadas em diversos materiais antigos, tais como telas, pratos, estátuas e paredes. A imagem mais comum era a que apresentava cabeça e corpo de leão, com mais duas cabeças agregadas: uma de dragão e outra de cabra.

Gostou de saber sobre essa curiosidade dos gatos quimeras? Então, aproveite também para assistir também aos vídeos que publicamos lá no canal do YOUTUBE e as outras matérias do site!


VEJA TAMBÉM:


Como cuidar de gato: alimentação, higiene e ambiente.

Alimentos naturais na dieta dos gatos: como introduzir?

Gato pode comer ração de cachorro ou faz mal?



Referência bibliográfica:

Bored Panda: Cat With Split-Colored Face Becomes A Father To Kittens In Each Of His Colors: Interview With Owner. (acessado em 19/09/2020).

2 Comments

2 Comments

  1. Ana Clara dos Santos

    13 de abril de 2021 at 14:30

    Que tipo de exame eu faço para saber se minha gatinha é uma quimera e quais consequências está circunstancial traz para o animal.

    • Fabiano Carregaro

      26 de abril de 2021 at 09:19

      Olá Ana, obrigado pela pergunta. São diversos teste que podem ser realizados, eles analisam o material genético do animal e conseguem determinar se há uma só “linhagem” ou mais que uma em seu animal. Esses são realizados, normalmente, a título de pesquisas acadêmicas e não para fins terapêuticos, visto que normalmente é só uma característica externa do animal. Ou seja, não compromete nenhuma função fisiológica diretamente.

      Caso queira fazer na sua gatinha, acreditamos que um caminha seja entrar em contato com uma Universidade perto da sua residência e ver se há interesse nesse tipo de pesquisa. Talvez, você consiga até fazer esse tipo de estudo sem ter custos, caso a Universidade tiver alguma linha de pesquisa nessa área.

      Bem vinda ao Clube dos Bichos!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: