Fique conectado

Vida de bicho

Raças de cachorros pequenos: As 19 mais populares no Brasil.

Equipe Clube dos Bichos

Publicado

em

raças de cachorros pequenos e fofos

Você sabe quais são as raças de cachorros pequenos mais populares do Brasil? Hoje vamos focar nosso post nos cachorros de pequeno porte, visto que são os mais queridinhos dos tutores.

É fato que as raças de cachorros pequenos são mais comuns e populares em nosso país, mas isso não quer dizer que outras raças não tenham sua importância. Afinal, cada família saberá decidir perfeitamente qual o cachorro de pequeno porte ideal para o lar.

Primeiramente, os cachorros de porte pequeno são normalmente mais escolhidos ou procurados pelos tutores que, normalmente, buscam um companheiro que seja “mais fácil de cuidar”. Além disso, por serem menores, os cachorros de raças pequenas em muitos casos “enganam” os mais desavisados.

Isso porque, aparentemente “portáteis”, os cãezinhos pequenos mantêm o “ar de filhotes” por toda a sua vida. Entretanto, não é só o tamanho que definirá o sucesso de adaptação do animalzinho ao seu futuro lar.

São tantas raças de pequeno porte, que certamente o comportamento e as demandas irão variar bastante entre as diversas possibilidades de escolha. Portanto, antes de eleger a sua raça de cachorro pequeno preferida ou “ideal”, veja aqui todas as que podem melhor se adequar ao seu estilo de vida, seu tempo disponível e às características de sua família.

Mas, por que escolher as raças de cachorros pequenos?

O que podemos ver em nossas clínicas é que a escolha do cachorro de porte pequeno normalmente possui três motivos: primeiro, quando o espaço disponível pelo tutor, seja casa ou apartamento, é muito restrito, o que inviabiliza a escolha de um animal de porte médio ou grande.

Se esse é o seu caso, então veja aqui as 6 indicações do Clube dos Bichos de cachorro pequeno para apartamento.

Segundo motivo: o custo. Certamente, vários tutores levam em consideração a quantidade de ração, custos com veterinário, vacinas, banho e tosa, entre outros. Assim, o custo influencia o tutor a restringir o tamanho do animal, levando à escolha de um cachorro de raça pequena.

Terceiro, e não menos importante quesito: longevidade do cãozinho. Sabemos que os cachorros de pequeno porte apresentam maior expectativa de vida: normalmente vivem entre 13 e 15 anos, enquanto os cães de porte maior vivem cerca de 8 anos, em média.

Sendo assim, vamos ver quais as XX raças de cachorros pequenos mais populares do Brasil!!!

Raças de cachorros pequenos de Origem nas Américas:

Boston Terrier:

O Boston Terrier é uma raça de cachorro pequena que tem origem nos Estados Unidos. É um cão utilizado como animal de companhia.

São animais cheios de vida, inteligentes, muito afetuosos e gentis. Certamente, os tutores que decidirem por essa raça de cachorro pequeno terão muitas alegrias com esse cãozinho companheiro.

Chihuahua

chihuahua-cao-mini

Raça de cachorro pequeno de companhia originária do México, considerado o menor cachorro do mundo, quando avaliamos os animais padronizados pelas raças.

Aliás, Chihuahua é o nome do maior estado da República Mexicana, local em que foram encontrados e domesticados os primeiros cãezinhos selvagens dessa raça.

Acima de tudo, esse animal é rápido, está sempre alerta e é muito corajoso.

Existem basicamente 2 variedades nessa raça, a saber: Variedade de pelo curto e Variedade de pelo longo.

Fox Paulistinha (Terrier Brasileiro):

Raça de cachorro pequeno de origem brasileira. O Fox Paulistinha já foi selecionado como cão de companhia, de guarda e até mesmo como um cão de caça.

Aliás, é uma raça marcada por ser um animal sempre alerta, esperto, amigável e gentil. Além disso, são animais incansáveis e muito desconfiados quando estranhos se aproximam.

O Fox Paulistinha tem pelo curto e fino, com cor predominante branca com algumas manchas pretas e/ou marrons.

Raça de cachorro pequeno de Origem Africana:

Basenji:

basenji-racas-cachorros-miniaturas

O Basenji é um cachorro pequeno que possui origem na África Central, onde há registros de mais de 4000 anos da raça. Animal primariamente selecionado para auxiliar na caça, no entanto, hoje é um excelente cão de companhia.

O mais importante: é um cachorro de pequeno porte que não late muito, famoso por sua limpeza e por ser inteligente, independente e alerta. Características excelentes quando pensamos em cachorros para apartamentos, por exemplo.

Raças de cachorros pequenos de Origem Asiática:

Lhasa Apso:

lhasa-apso-raca-de-cachorro-pequeno

Raça de cachorro de pequeno porte peludo de origem tibetana, o Lhasa Apso, foi selecionado como animal de companhia.

Conhecido por ser um cão pequeno muito resistente, suporta condições climáticas adversas, por causa de sua pelagem, que é responsável por atuar como isolante térmico durante o inverno.

O Lhasa Apso é um cachorro pequeno alegre e seguro de si. Além disso, está sempre alerta e estável e tem como ponto positivo a indiferença com pessoas estranhas. Por isso, os casos de problemas com latidos e/ou mordidas são muito pouco frequentes nesta raça de cachorro.

A pelagem da raça é longa e pesada. Podem ser de diversas cores que vão do dourado ao preto, passando pelo cinza escuro e outros diversos padrões de cores.

Cão de Crista Chinês:

racas-de-cachorros-miniaturas-crista-chines

Primeiramente, essa é uma raça reconhecida pelo seu topete marcante. Cão de origem chinesa, eram observados em famílias da dinastia que comandou o país asiático nos anos 220, sendo desenvolvido como animal de companhia.

É apresentado em exposições nos EUA desde os anos de 1885 e 1926, mas sem muita projeção à época.

É um cachorro pequeno muito sociável, feliz e nunca agressivo, portanto, é ideal para famílias com crianças pequenas.

Pequinês:

pequines-racas-de-cachorros-pequenos

Raça pequena de origem chinesa, selecionada como animal de companhia.

O Pequinês é um cão pequeno, corajoso e destemido, sempre muito leal aos seus tutores. De pelagem longa, rústica e com subpelo mais macio e sedoso.

Pug:

pug-cachorro-pequeno

É uma raça de cachorro que não cresce muito, de origem chinesa e utilizado como animal de companhia.

O Pug é um cachorro pequeno de fácil socialização. Em suma, é um cão equilibrado, inteligente e muito disposto, sendo uma ótima companhia para as crianças.

Seu pelo é fino, liso e curto. Possui quatro padrões de pelagem, a saber: prata, fulvo, preto e abricó.

Raças de cachorros pequenos de Origem Européia:

Maltês:

maltes-racas-de-cachorros-pequenos

Raça de origem italiana. Selecionado principalmente como animal de companhia.

Muitos tutores acreditam que, por causa do nome, ele seria um cachorro peludo pequeno originário da Ilha de Malta.

Entretanto, o significado de seu nome (Maltês) é refúgio ou “porto seguro”. Isso porque os ancestrais desta raça de cão pequeno viviam em portos e cidades marítimas espalhadas pela Europa.

O Maltês possui um comportamento muito dócil e afetuoso. Além disso, é um cão extremamente vivo e muito inteligente.

Sua pelagem é densa e brilhante, caindo ao longo do corpo. Normalmente, predominam o branco e as tonalidades mais tendentes ao marfim.

Griffon de Bruxelas:

Griffon-brussels
Fonte: Pixabay.

Raça originária na Bélgica, desenvolvido para guarda e para companhia.

O Griffon de Bruxelas é um pequeno cão obtido do cruzamento com outras duas raças (Ruby King e o Pug). Animal criado para livrar estábulos de pequenos roedores e para guardar carruagens.

É um cachorro pequeno, inteligente, alerta, equilibrado e sempre muito vigilante e ligado ao seu tutor.

Bichon Frise:

racas de cachorros pequenos

O Bichon Frise é uma raça de origem europeia (franco-belga), tipicamente de companhia.

A raça foi popularizada na época do governo de Napoleão e ficou sumida após as duas grandes guerras mundiais. Entretanto, alguns poucos criadores à época conseguiram manter e desenvolver novamente essa maravilhosa raça pequena.

É um cão pequeno, alegre, muito vivo e ativo. Possui uma pelagem branca e enrolada (cacheada). O Bichon Frise certamente se adapta bem aos mais diversos locais, costuma não latir com frequência e ser muito sociável com as pessoas e com outros cães pequenos ou grandes.

Buldogue Francês:

O Buldogue Francês é um cão originário da França. Essa raça de cão pequeno foi selecionada para ser um animal tipicamente de companhia.

O Buldogue que conhecemos hoje se formou por meio de diferentes cruzamentos feitos pelos criadores apaixonados pela raça. Sua origem data dos anos 1880 e foi observado primeiramente nos bairros populares franceses.

O cão, apesar do seu porte pequeno, é muito forte, com estrutura bem robusta e pesada. Contudo, isso não faz com que essa raça deixe de ser brincalhona, alegre e sociável.

Beagle:

racas de cachorros pequenos

O Beagle é um cão de pequeno porte com origem na Grã-Bretanha, normalmente utilizado para caça pela sua excelente capacidade de faro.

No início da seleção desta raça, havia animais muito pequenos que eram transportados no bolso de casacos de caça. Possui pelo curto, denso e tricolor (preto, marrom e branco).

É um cachorro de pequeno porte alegre, amável, corajoso e com grande vigor. Sempre muito atento ao que acontece ao seu redor, possui um temperamento equilibrado e é muito inteligente.

Cavalier King Charles Spaniel:

racas de cachorros pequenos

Raça de origem europeia, é um excelente animal de companhia. É um cãozinho pequeno ativo, de expressão doce e bem gracioso.

Apesar disso, não se engane!!! Os Cavalier são animais impetuosos e determinados, mas não deixam de ser alegres e amigáveis.

Possuem pelo longo e sedoso, sem cachos, com cores variadas que vão do preto e castanho, rubi, castanho e até mesmo exemplares tricolores.

Cocker Spaniel Inglês:

cocker-spaniel-ingles-cao-mini

Raça de origem na Grã-Bretanha, originalmente selecionado para auxiliar na caça de animais selvagens.

Atualmente, é um dos grandes xodós dos tutores, sendo um cão muito procurado.

Cão dócil, alegre, brincalhão, bem robusto e muito companheiro. É um animal muito ativo, sendo uma excelente escolha para famílias com filhos.

Os animais desta raça normalmente demandam muita atenção do tutor durante os períodos em que estiver em casa. Possuem diversas cores e raramente os animais vêm sem manchas pelo corpo.

Pastor de Shetland:

Pastor-de-Shetland

Raça de cão pequeno peludo de origem da Grã-Bretanha, selecionado para o auxílio no pastoreio de ovelhas.

Hoje já vivem em vários lares apenas como animal de companhia. No entanto, cuidado! Pois os animais dessa raça costumam latir muito. Nada estranho para uma raça de pastoreio.

O Pastor de Shetlande é uma raça alegre e carismática. É considerado uma das raças mais inteligentes do mundo e certamente irá encantar as pessoas por onde passar.

Dachshund (salsicha):

daschund-cachorro-ape

Mais um dos xodós dos tutores. Aliás, essa é uma das indicações do Clube dos Bichos das 6 raças de pequeno porte para apartamentos.

Raça de cão de porte pequeno, de origem Alemã, conhecido desde a Idade Média. Animal selecionado para caça com um grande instinto para seguir animais feridos.

Os Dachshund é um animal amigável e de temperamento equilibrado. Existem três diferentes variações, a saber: 1) Dachshund de pelo curto, 2) Dachshund de pelo duro, e 3) Dachshund de pelo longo.

Lulu da Pomerânia (Spitz Alemão):

cachorro-pequeno-para-apartamento

Raça desenvolvida na Alemanha, utilizada como cão de guarda e de companhia. É considerada a raça de cachorro mais antiga da Europa Central e várias outras raças foram desenvolvidas a partir do Lulu da Pomerânia.

Particularmente, chama muito a atenção a grande pelagem ao redor do pescoço do animal, assemelhando-se a uma juba.

O Spitz Alemão é uma raça de fácil sociabilização e que adora ficar perto das pessoas. São animais sempre atentos, alegres e muito ligados aos tutores.

Essa é uma raça de cachorro pequeno peludo que está em alta no Brasil e é uma das 6 indicações do Clube dos Bichos de raças para apartamento.

Schnauzer:

racas-cachorros-pequenos-schanuzer

Raça de cachorro pequeno de origem alemã, utilizada como cão de guarda e de companhia.

Inicialmente, essa raça foi utilizada como cães de estábulos, pois era uma raça que se adaptava muito bem ao convívio com cavalos. A raça também era utilizada para o controle de roedores nessas construções.

O Schnauzer tem um temperamento vivo, é um cão muito ativo, e adora brincar. Raça muito inteligente, corajosa e com grande capacidade de treinamento.

Sua pelagem é mais rústica (dura) e com cores variando entre um preto sólido e a coloração em cinza mais claro, chamada de sal e pimenta.


VEJA TAMBÉM:


Cachorros pequenos para apartamento: Indicações do Clube dos Bichos!

Cachorro gordo: quais os riscos e como resolver o problema da obesidade canina.

Adoção de Cachorro: o amor supera qualquer barreira?


guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).


Cofundador do site Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador do site Clube dos Bichos.


Fonte:

Confederação Brasileira de Cinofilia.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: