Fique conectado

Vida de bicho

Cachorrinhos pequenos peludos: conheça os mais fofos!!!

Equipe Clube dos Bichos

Publicado

em

É praticamente impossível olhar os cachorrinhos pequenos peludos e não cair de amores e simpatia por ele.

Além da fofura que todo cachorro possui, esse tipo, por ser de menor tamanho, nos encanta ainda mais. Parece até uma mini pelúcia!

Você pode pensar que por ter o pelo denso, cuidar de um amigo mais peludo dá o maior trabalho. Mas nem tudo é o que parece: um cachorro peludinho pode sim dar menos trabalho a seu tutor do que um de fios curtos.

Enquanto cães de pelo curto são escovados para retirar os fios soltos, os de pelo longo precisam de escovação apenas para evitar nós.

No fim, para escolher seu melhor amigo, tudo dependerá do seu estilo de vida e afinidade com alguma raça em particular. O cão pequeno ou miniatura peludo é um dos que mais atrai os brasileiros, pois são companheiros e dóceis, além de terem o tamanho ideal para quem mora em espaços pequenos.

Agora, analise as características e curiosidades das raças de cachorros pequenos e peludos e veja qual o seu preferido!

Raça fofas de cachorrinhos pequenos peludos:

Shih Tzu

Cachorrinhos pequenos peludos

De origem chinesa, seu nome significa “cão leão”, e tem suas origens no Tibete. Considerado um cachorrinho pequeno sagrado, além de ser o preferido da família real, na época da dinastia Ming. Os Shih Tzu não possuem variações na cor, pois não há um padrão estabelecido quanto a isso. 

Suas opções são bicolores, variando entre pelo branco com marrom, pelo branco com preto e pelo preto com marrom. É de fácil amizade, então fique de olho ao deixá-lo solto em passeios públicos.

Apesar de serem brincalhões, os cães dessa raça gostam de passar muito tempo deitados, então o tutor deve estimular sempre que possível atividades físicas.

Seja dentro ou fora de casa, seu bichinho precisa se exercitar, para combater males como a ansiedade e a obesidade canina.

Seu adestramento pode ser um pouco difícil, pois ele é muito inteligente e teimoso. Mas são ótimos cães de alerta, já que costumam latir quando sentem algo novo a sua volta.

Muita atenção e cuidado com os olhos desse cachorrinho: assim como o Pug, seus olhos são expostos. Por isso, devemos intensificar o cuidado com a limpeza dessa região a fim de evitar o surgimento da lágrima ácida.

Chihuahua

chihuahua-cao-mini

Essa raça foi domesticada na época da civilização Tolteca, povo pré colombiano que viveu dos séculos X ao XII. É provável que suas principais características sejam a valentia, alto estado de alerta, sociabilidade, fidelidade e inteligência. 

Outro ponto muito conhecido dos Chihuahuas são os tremores, que podem estar associados ao frio, medo ou excitação.

Assim como os recém nascidos humanos, os filhotes desta raça nascem com uma abertura no crânio – a conhecida moleira. Isso acontece porque os ossos de seu crânio não se encaixaram de forma correta.

Quer saber quais as indicações do Clube dos Bichos de cachorro pequeno para apartamento? Veja esse post.

Maltês

cachorrinhos-pequenos-peludos

Surgida há 28 séculos na ilha de Malta, os ancestrais desta raça habitavam os portos do lugar. Aliás, juntamente com os gatos, eram adorados pelo povo egípcio – eles acreditavam que esse cãozinho pequeno tinha poderes divinos, que podiam curar pessoas enfermas. 

O Maltês é companheiro, inteligente e bastante carismático. Acima de tudo são amigos leais e muito amorosos, charmosos e simpáticos, além de ser um cachorro de pequeno porte peludo que no geral ele é bastante sociável.

A hora do passeio demanda atenção, pois os malteses são destemidos e podem se aproximar de qualquer perigo.

Não é do seu feitio destruir objetos, mas o Maltês pode agir dessa forma se passar longas horas sozinho. 

A expectativa de vida desses cachorrinhos pequenos peludos vai dos 12 aos 15 anos, e geralmente eles têm uma boa saúde.

Porém, a raça necessita de uma dieta equilibrada e própria para malteses para combater a obesidade canina.

Lhasa Apso

lhasa-apso-raca-de-cachorro-pequeno

Assim como o Shih Tzu, essa raça nasce no Tibete, mais precisamente no ano de 800 a.C, e por muito tempo serviu de companhia para os monges da região – que acreditavam que esse cão pequeno era a reencarnação dos sacerdotes de seus templos. 

Cães Lhasa Apso eram considerados animais de sorte e eram dados de presente, ao invés de vendidos.

Além de ser um amuleto, os tibetanos consideravam esse cãozinho pequeno sagrado, pois para esse povo, o Lhasa fazia parte do processo de reencarnação. Explicando de forma mais clara: ao morrer, o espírito do tutor se transferia para o corpo do cachorro. 

A raça possui boa saúde e apresenta poucas complicações, com expectativa de vida variável, dos 12 aos 14 anos. A região que o tutor deve se preocupar são os olhos e a pelagem do Lhasa Apso, sempre tosando bem para que o pelo não fique batendo no olho, causando problemas oculares.

Estes cachorrinhos pequenos peludos tendem a ser dispersos e teimosos, mas fazendo um adestramento desde cedo, pode-se reverter o quadro. Ainda são desconfiados com estranhos, e podem latir para avisar seu tutor sobre alguma novidade.

Poodle Toy

racas-de-cao-pequeno-porte-poodle-toy

Esta é a menor das 4 variações da raça Poodle, que se divide em gigante, médio, anão e toy . Contudo, só no ano de 1984 foi reconhecido como raça.

Seu local de origem não é exato, fica dividido entre França e Alemanha. São cachorrinhos pequenos peludos que não crescem muito, sendo sua altura média em torno de 24 a 28 centímetros.

Além disso, possuem qualidades como inteligência, simpatia e carinho, mantém o status de segundo cachorro mais esperto entre todas as raças conhecidas. Aliás, são de fácil adaptação, sendo uma das raças de cachorrinhos peludo mais populares no Brasil.

Este é um cãozinho muito fiel e apegado a seu tutor; é bastante brincalhão, alegre e observador – aprende rápido os comandos passados. Ele pode latir na presença de estranhos e quando fica sozinho, já que tem instinto protetor.

Se quiser amenizar os latidos, recomenda-se a orientação dos hábitos desde filhote, por meio da avaliação por um profissional comportamentalista.

São cães pequenos que podem pesar até 4,5kg; e as fêmeas são menores, tanto em peso quanto altura. Por ter uma estatura tão pequena – entre 24 a 28cm -, não é preciso que se crie uma rotina de exercícios para seu Poodle Toy: uma caminhada rápida já ajuda bastante.

Schnauzer

Cachorrinhos pequenos peludos

Surgiu na Alemanha ainda no século XIX, em 1800. Conhecidos por serem cães extremamente úteis, já que podiam acompanhar as carruagens em longos percursos.

Muitos Schnauzers inspecionavam o caminho que os cavaloes iriam percorrer, avaliando as rotas e impedindo que eles se machucassem.

Seu tamanho varia em 3 tipos: mini (5 a 7kg e 30 a 35cm), padrão (15kg e de 45 a 50cm) e gigante (com 45kg e até 70cm). De fato, isso acontece devido a origem de seu nascimento, que é a mistura das raças Pinscher e Pastor Alemão. Geralmente, os machos são menores que as fêmeas.

Este é um cãozinho ativo, que gosta muito de brincar; logo, ele precisa ter uma rotina de passeios estabelecida.

Outras qualidades que possui são a lealdade e instinto protetor. Sua capacidade de obediência é média, mas compreende os comandos de forma satisfatória. São interessados em novidade, então o adestramento não será um problema.

O Schnauzer por ser um cãozinho bem pequeno não precisa de muita quantidade para se satisfazer. O pelo deste animal é um de seus pontos marcantes, logo sua tosa necessita atenção. Além disso, é preciso escovar bem o pelo, diminuindo assim o surgimento de nós.

Yorkshire

Cachorrinhos-pequenos-peludos-yorkshire

Essa raça nasce na Inglaterra, no condado de York, e é a mistura de várias outras raças, como Airdale Terrier e Paisley Terrier.

Um de seus primeiros usos foi a de caçar, pois pegavam ratos em minas de carvão e moinhos de algodão.

No ano de 2009 a raça foi considerada uma das 10 mais populares do mundo – principalmente por causa de seu comportamento curioso e participativo, bem como a sua postura empinada e o seu caminhar decido conquistam muitos fãs.

O padrão de peso desta raça sofreu alterações: no passado, era considerado como padrão os 7kg; hoje, a medida caiu para os 3,5kg.

Isso ocorreu devido ao fato de muitos criadores diminuírem seu tamanho por meio da seleção dos menores cachorros pequenos dentro da raça – levando esses cãezinhos peludinhos aos limite saudável de sua genética.

Aliás, seu tamanho não varia, e a expectativa de vida vai dos 12 aos 15 anos. O tom de pelagem desses cachorrinhos pequenos peludos é cinza azulado, com tons de loiro nas pontas; é preciso tosa constante (para evitar a formação de nós), assim como o banho.

Yorkshires costumam ser enérgicos, e latem bastante, mas não são facilmente intimidados. São também carinhosos, leais e gostam de manter sua independência. Fofo!

Você tem ideia de qual é considerado o menor cachorro do mundo? Saiba tudo sobre o recordista aqui neste post.

Cocker Spaniel Americano

Cachorrinhos-pequenos-peludos-cocker-spaniel

A versão americana da raça Cocker Spaniel surge no século XIX, e se destaca por sua estatura, coloração do pelo e orelhas. É uma raça bastante popular, pois é carinhosa e fiel a seu tutor.

Esse é um cão pequeno perfeito para a vida em família, e por isso é mais reconhecido como pet do que sua versão inglesa.

É um excelente caçador, muito apto a trabalhos físicos; resistente, veloz e ágil quando se trata de busca. Seu pelo é comprido e sedoso, e tem belos olhos redondos. Quando está em atividade, sua cauda se move .

Quanto as medidas, os machos chegam a 38cm em média, e as fêmeas alcançam a marca de 35,5cm. A cor do pelo varia entre preto e dourado, com versões bicolores e tricolores. Já que sua pelagem é vasta, é preciso escovar-la com frequência.

O temperamento do Cocker Spaniel Americano costuma ser dócil e alegre – ele adora brincar – , mas é bom que sua interação social comece cedo, pois esse cão tende a rosnar e até morder, quando sente medo ou dor.

Gostou de saber mais sobre a curiosidade dessas raças de cachorrinhos pequenos peludos? Veja alguns abaixo alguns textos curiosos sobre esses pequeninos.


VEJA TAMBÉM:


Cachorros pequenos para apartamento: Indicações do Clube dos Bichos!

Menor cachorro do mundo: quem é o recordista !!!

Adoção de Cachorro: o amor supera qualquer barreira?


guilherme rezende

Guilherme Rezende

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Pós graduado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Universidade Castelo Branco (UCB).

Cofundador do site Clube dos Bichos.

fabiano carregaro

Fabiano Carregaro

Médico Veterinário graduado pela Universidade de Brasília (UnB).
Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cofundador do site Clube dos Bichos.


Fonte:

Confederação Brasileira de Cinofilia. (acesso em 25/11/2020)

American Kennel Club (AKC). (acesso em 25/11/2020)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: