Fique conectado

Saúde

Ciclo de vida das pulgas de cães e gatos.

Equipe Clube dos Bichos

Publicado

em

pulga

As pulgas são ectoparasitas de aves e mamíferos, incluindo nós humanos. Medindo aproximadamente 5 mm de comprimento, esses insetos não possuem a capacidade de voar; mas conseguem saltar cerca de 300 vezes a sua altura, ou seja, chegam a alcançar 1,5 metro quando saltam!

A pulga se alimenta do sangue do animal por meio das picadas na pele. Além disso, é uma praga responsável por diversas doenças adquiridas pelos animais, tais como: a dermatite alérgica a picada de pulga (DAPP) e a infestação por Dipylidium caninum.

Pulgas – ciclo de vida: do ovo de pulga até a fase adulta:

O ciclo de vida da pulga possui 4 estágios: ovo, larva, pupa e adulta.

Em condições normais, esse ciclo tem duração média de 3 a 4 semanas Contudo, a depender das condições ambientais, é possível reduzir sua duração a apenas 14 dias ou estendê-la por até 6 meses.

pulga

Pulgas – quais os estágios do ciclo de vida?

Ovos de pulga – 1º estágio:

Os parasitas adultos promovem a postura dos seus ovos no pelo dos animais. Os ovos das pulgas não ficam aderidos a pele e pelo dos animais parasitados, eles vão se desprendendo e caindo no ambiente, podendo estar em qualquer lugar onde um animal parasitado passe.

Os ovos representam 50% do total de uma população de pulgas.

Assim, após ser eliminado, o ovo da pulga eclode entre 1 e 6 dias, dependendo das condições ambientais onde ele está.

Larva de pulgas – 2º estágio do ciclo de vida:

Quando chegam ao ambiente, os ovos eclodem e liberam as larvas, que se alimentam de restos orgânicos até desenvolver um casulo e atingir a fase de pupa.

As pulgas, nesta fase de desenvolvimento, preferem locais escuros para sua proteção. Assim, após a eclosão dos ovos de pulgas, as larvas se alojarão no assoalho, tapetes, sofás e caixa de areia, ambientes ideais para completar o seu desenvolvimento.

Ademais, é nesses locais que as larvas conseguirão se alimentar do cocô das pulgas adultas e de restos de matéria orgânica (nesta fase elas ainda não sugam sangue). O estágio entre a liberação das larvas e a formação das pupas dura cerca de 5 a 11 dias.

Pupa das pulgas – 3ª estágio:

Pupa – a pupa é um envoltório (“casulo”) que pode ficar protegida no casulo por até 1 ano, aguardando por condições ambientais adequadas, principalmente ligadas a temperatura e umidade.

Portanto, a pupa é a fase em que as larvas das pulgas se protegem, formando um casulo de seda ao seu redor. As pupas representam 10% do total de uma população de pulgas em uma infestação ambiental.

Pulgas adultas – 4º estágio do ciclo de vida:

As pulgas adultas eclodem dos casulos e reinfestam os animais, onde sugarão o seu sangue e reiniciarão o ciclo de vida das pulgas. Em cerca de 5 a 14 dias, as pulgas adultas emergem ou permanecem em repouso, aguardando indicações de condições ambientais favoráveis (vibrações, calor, barulho ou presença de dióxido de carbono).

Atualmente não existem produtos que consigam atuar sobre as pupas, pois o casulo as protege.

Isso torna o controle de uma infestação de pulgas demorado, pois é necessário que TODAS as pupas eclodam e liberem as pulgas adultas para que essas entrem em contato com os produtos que as matam.

Saiba as 7 dias infalíveis de como eliminar pulgas do ambiente, neste link.

Ao sair do casulo, a pulga adulta procura um hospedeiro para se alimentar. Certamente seu bichinho será um grande candidato a virar comida de pulga se estiver em um ambiente infestado. Somente a pulga adulta é hematófaga, ou seja, apenas nessa fase o parasita se alimenta de sangue.

As pulgas adultas representam apenas 5% do total de uma população de pulgas. Contudo, elas possuem grande facilidade de se locomover entre os pelos e penas do hospedeiro e podem sobreviver longos períodos sem se alimentar.

Portanto, saiba que combater essa praga não é uma tarefa fácil e exigirá uma dedicação forte e por um período prolongado, tanto por nós profissionais quanto pelos tutores dos peludinhos!!!


VEJA TAMBÉM:


Ectoparasitas: Carrapato, Piolho, Pulga e Ácaro em cães e gatos.

PICADA DE PULGA: Como tirar esse parasita do cachorro e do gato?

REMÉDIO CASEIRO PARA PULGAS ou remédio comercial? O que é melhor para eliminar pulga?

COMO ELIMINAR PULGAS DO AMBIENTE externo e interno. [7 DICAS INFALÍVEIS]

Além disso, aproveite para assistir também aos vídeos que publicamos lá no canal do YOUTUBE e as outras matérias do site! Abraços e até a próxima.



Referências Bibliográficas:

FORTES, E. Parasitologia veterinária. 3 ed. São Paulo: Icone, 1997. 686 p.

HINAIDY, H. The biology of Dipylidium caninum. Journal of veterinary medicine Series B. v. 38, n.5, p. 329-336. Jul, 1991.

LEITÃO, J.L.S; MAIRELES, J.A.F.S. DOENÇAS PARASITÁRIAS DO CÃO E DO GATO. Editora Litexa Portugal, p. 98-100, 1983.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: