Fique conectado

Saúde

Como eliminar pulgas do ambiente externo e interno. [7 DICAS INFALÍVEIS]

Equipe Clube dos Bichos

Publicado

em

As pulgas são parasitas muito versáteis que possuem uma grande capacidade de adaptação em diversos ambientes. Existem cerca de 3.000 espécies de pulgas conhecidas em todo o mundo e elas possuem a capacidade de parasitar aves e mamíferos, incluindo nós humanos, por isso, são consideradas uma espécie cosmopolita.

Das espécies de ectoparasitas mais importantes, certamente, estão incluídas as que acometem os cães e os gatos. Por sua boa capacidade de reprodução, já que uma fêmea adulta chega a disseminar 1800 ovos num período de 50 dias, as infestações por essas pragas em animais de estimação e no ambiente são de difícil eliminação.

Tirar e eliminar apenas as pulgas de cachorro ou de gato é suficiente?

remédio caseiro pulga gato

É certo que apenas acabar com as pulgas do pelo dos animais não é uma abordagem muito efetiva, já que os eles certamente se infectarão com novas pulgas presentes no ambiente.

Esses parasitas, após colonizarem o ambiente, espalham-se por todos os lugares por meio de seus ovos e larvas. Portanto, o melhor método de eliminação das pulgas é sempre o tratamento de todos os animais da casa, juntamente com o “tratamento” do ambiente em que esses animais estão presentes.

Qual é o ambiente externo e interno ideal para a proliferação das pulgas?

As pulgas são muito sensíveis a dois fatores ambientais: umidade e temperatura. Assim, elas não suportam as temperaturas extremamente baixas ou altas, sendo o ideal para o seu desenvolvimento as temperaturas entre 25°C e 35°C, e a umidade entre 70% a 90%.

Portanto, esse parasita sempre irá procurar locais em que haja boa umidade e temperatura. Os locais que normalmente oferecem os melhores ambientes para a sua proliferação são: tapetes, cortinas, tacos, frestas no piso, sancas, rodapé, entre outros.

É importante salientar que cada pulga encontrada no seu animal de estimação corresponde a 20 pulgas que estão espalhadas pelo ambiente, por isso é importantíssimo observarmos o ciclo de infestação como um todo e não apenas olhar para o nosso bichinho.

pulga ambiente interno

COMO FAZER O TRATAMENTO INTEGRADO DO ANIMAIS E DO AMBIENTE EXTERNO?

1. ELIMINAR PULGAS DO ANIMAL DE ESTIMAÇÃO:

Os aspectos do tratamento do seu bichinho de estimação foram tratados no post – Remédio caseiro para pulgas ou remédio comercial? O que é melhor para eliminar pulga?

Portanto, neste post vamos comentar como fazer a segunda parte do tratamento integrado: o tratamento ambiental.

2. ELIMINAR PULGAS DO AMBIENTE EXTERNO E INTERNO:

Começaremos dividindo o ambiente em duas partes: o ambiente externo e o ambiente interno da casa/apartamento.

O controle em cada um desses ambientes será distinto, sendo necessária a adoção de diversas medidas para acabarmos com a infestação por inteiro. 

A base dos procedimentos adotados busca unir tanto métodos mecânicos de controle quanto métodos químicos para que haja um combate mais efetivo à praga.

7 DICAS para eliminar pulgas do ambiente externo e interno.

AMBIENTE EXTERNO:

[DICA 1] COMO DETECTAR A INFESTAÇÃO POR PULGAS:

O modo mais comum é a observação das pulgas adultas ou de suas fezes (areinha preta na pelagem) em nossos bichinhos. Porém, outra forma de detecção é a observação direta da infestação no ambiente.

Como fazer: vista uma roupinha branca no seu bichinho ou uma meia branca em suas pernas (de preferência até a altura dos joelhos) e caminhe pelos ambientes da casa/apartamento. Você poderá ver as pulgas pulando para tentar infestar o hospedeiro, seja você ou seu animal de estimação, e a meia branca ajudará na detecção dos parasitas.

[DICA 2] LIMPE TODO O AMBIENTE:

Inicie o combate com a limpeza de todo o ambiente. Portanto, remova os entulhos, os restos orgânicos, folhas e galhos caídos, potes e tigelas que estejam presentes em seu quintal, pátio, sacada.

Aliás, tenha especial atenção para a limpeza do CANIL, GATIL ou GAIOLA do seu animal, possivelmente será lá que os ovos, larvas, pupas e pulgas adultas estarão em maior número.

[DICA 3] O RAIO SOLAR É SEMPRE SEU ALIADO:

Deixe que os raios solares entrem no máximo de locais por anda seu bichinho. A ação do sol no ambiente cria condições desfavoráveis para o desenvolvimento das larvas e pupas das pulgas, pois reduz bastante a umidade ambiental.

Portanto, auxiliam a eliminar pulgas do ambiente externo e interno da casa ou apartamento.

pulga-ambiente-externo
Foto original: Pexels.

AMBIENTE INTERNO.

[DICA 4] LAVAR A CAMA DO ANIMAL:

É sempre importante, durante a limpeza do ambiente interno, lavarmos todos os objetos de tecido que o animal tenha o hábito de utilizar (tapetes, caminhas, entre outros). Deste modo, reduziremos a possibilidade de reinfestação do ambiente.

[DICA 5] O ASPIRADOR DE PÓ É SEU MELHOR PARCEIRO:

Limpe todo o ambiente utilizando um aspirador de pó: ele vai remover mecanicamente as formas de vida das pulgas (ovo, larvas, pupa e pulgas adultas), no piso, nos tapetes, nos sofás e nas cortinas.

Não esqueça de dar uma especial atenção para os locais em que o animal durma, pois esses serão os mais infestados.

Devemos ter o cuidado de fazer a limpeza total do aspirador de pó após o uso. Observe a higienização do filtro do aspirador de pó, pois é um ambiente excelente para a multiplicação das pulgas.

Antes de se desfazer do saco do aspirador, deve-se aplicar um inseticida específico para pulgas com o objetivo de eliminar os parasitas capturados.

pulgas-limpeza-mecânica
Foto original: Pixabay.

[DICA 6] USO DE INSETICIDA ESPECÍFICO PARA PULGAS:

Após a limpeza mecânica, utilize um inseticida específico para pulgas em toda a casa/apartamento: cômodos, tapetes, sofás, rodapés, cama do animal, banheiros, pias e ralos. As pulgas que estiverem ainda escondidas em locais de difícil acesso, ou que não foram retiradas pelo controle mecânico, serão eliminadas pelo inseticida.

Hoje existem diversos produtos disponíveis para a utilização e que podem ser facilmente encontrados pelos tutores. Não esqueça de utilizar os produtos conforme a indicação do fabricante.

[DICA 7] CAPTURA DE PULGAS COM BACIA DE ÁGUA E SABÃO:1

Uma das medidas recomendadas é colocar no ambiente uma bacia com água e detergente, agitar para fazer espuma e colocar uma luz forte acima da bacia. Assim, as pulgas serão atraídas pela luz refletida na água e acabaram pulando para dentro da bacia e morrendo.

Por fim, saiba que a melhor maneira de evitar a colonização ou reinfestação do ambiente é manter a limpeza, deixar que o sol e o vento entrem nos ambientes para criarmos um local pouco convidativo ao desenvolvimento desses parasitas.


LEIA TAMBÉM:


PICADA DE PULGA: Como tirar esse parasita do cachorro e do gato?

REMÉDIO CASEIRO PARA PULGAS ou remédio comercial? O que é melhor para eliminar pulga?

Ectoparasitas: Carrapato, Piolho, Pulga e Ácaro em cães e gatos.

Ciclo de vida das pulgas de cães e gatos.

Além disso, aproveite para assistir também aos vídeos que publicamos lá no canal do YOUTUBE e as outras matérias do site! Abraços e até a próxima.


Referências Bibliográficas:

1 – Instituto Oswaldo Cruz (Fiocuz) – Pulgas: higienização do ambiente é a melhor forma de prevenção. Acesso em 20/04/2020.

2 – Vieira, V.P.C. Dissertação de Mestrado: Eficácia do regulador de crescimento de artrópodes fluazuron no controle da pulga Ctenocephalides felis felis (Bouché, 1835) (Siphonaptera : Pulicidae) em cães. [2009]. Acesso em 20/04/2020.

3 – Villalobos, W.O.R. PESQUISA DE Dipylidium caninum EM CÃES ATENDIDOS NO HCV-UFRGS NÃO ALÉRGICOS INFESTADOS POR PULGAS E ALÉRGICOS À PICADA DE PULGA (INFESTADOS E NÃO INFESTADOS). [2009]. Acesso em 20/04/2020.

4 – Griffin, C. E. Dermatite alérgica a pulgas. In: Birchard, S. J.; Sherding, R. G.
Manual Saunders: Clínica de pequenos animais. 2 ed. São Paulo: Roca, p. 339.

 

12 Comments

12 Comments

  1. Pingback: Petigato - – Clube dos Bichos

  2. Pingback: MALLÚH a MALLÚHquinha – Clube dos Bichos

  3. Pingback: Tião - decidido, foi lá e escolheu!!! – Clube dos Bichos

  4. Pingback: Julieta - quebrando preconceitos... – Clube dos Bichos

  5. Pingback: Safira - a Pit Bull Doutora... – Clube dos Bichos

  6. Pingback: Nick - o xodozinho!!! – Clube dos Bichos

  7. Pingback: Orloff - tranquilão e obediente... – Clube dos Bichos

  8. Pingback: Ronaldinho - o cãozinho ligado no turbo!!! – Clube dos Bichos

  9. Pingback: Ciclo de vida das pulgas de cães e gatos. – Clube dos Bichos

  10. Pingback: Lolla Catarina - uma pitica fofa!!! – Clube dos Bichos

  11. Pingback: Luna - a bebêzona. – Clube dos Bichos

  12. Pingback: Paulinha - a rainha da casa! – Clube dos Bichos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: