Fique conectado

Alimentação

Alimentação Natural para cães e gatos e Comida Caseira. Existe diferença?

Livia Dias

Publicado

em

alimentação natural cachorro e gato

O que é a Alimentação Natural para cães e gatos?

A alimentação natural (também conhecida como AN) é o termo utilizado para uma dieta saudável, completa, equilibrada, elaborada com ingredientes frescos capazes de atender a todas as necessidades nutricionais do animal.

A AN deve ser planejada de forma individualizada por um médico-veterinário nutrólogo, já que cada animal é único e possui suas próprias demandas nutricionais a depender da sua espécie, raça, idade, porte físico e, até mesmo, estilo de vida.

Também, de maneira personalizada, o planejamento da dieta leva em consideração a presença de doenças pré-existentes e/ou restrições alimentares, observando e atendendo, dessa forma, todas as necessidades do animal.

Outras terminologias são utilizadas como sinônimos da AN, como por exemplo: comida natural e dieta natural.

alimentação caseira cachorro e gato
Foto: Arquivo pessoal.

Existe alguma diferença entre Alimentação Natural x Comida Caseira para cachorro e gato?

Sim, existe!!!

Como visto acima, alimentação natural é toda dieta capaz de atender a todas as necessidades nutricionais do animal. Portanto, a AN é uma alternativa oferecida em substituição às dietas baseadas nas rações secas e industrializadas.

comida caseira gato
Foto: Arquivo pessoal.

Já a comida caseira pode ser entendida como o alimento preparado sem qualquer acompanhamento profissional, sem critério e estudo prévio e, consequentemente, imprópria para o seu animal, visto que não oferece todos os nutrientes diários de que ele necessita para a manutenção da sua saúde.

Lembre-se de que cães são carnívoros oportunistas e gatos são carnívoros estritos e apresentam demandas nutricionais próprias e específicas da espécie.

A dieta que nos nutre adequadamente não nutrirá os animais de forma satisfatória, a não ser que seja realizado um acompanhamento adequado.

É muito importante ser responsável na hora de oferecer a AN para o seu animal. Faça de forma correta e com o auxílio do veterinário nutrólogo de confiança. Dar comida caseira sem seriedade para o seu melhor amigo certamente o prejudicará no médio/longo prazo.

A AN não faz uso dos controversos aditivos químicos (como os conservantes, corantes e aromatizantes sintéticos), não utiliza alimentos transgênicos na sua formulação e é elaborada criteriosamente para suprir todas as necessidades nutricionais do seu animal de estimação.

Quais alimentos são utilizados na elaboração das dietas dos cachorros e gatos?

Os alimentos usados na sua elaboração são, por exemplo:

  • Proteínas completas: peixe, ave, porco, boi e ovo.
  • Carboidratos de fácil digestão: batata doce, batata yacón, cará, batata baroa e arroz integral. Esses alimentos são biologicamente mais adequados à fisiologia dos cães e gatos, pois são de fácil digestão, possuem menores cargas glicêmicas e não provocam quadros inflamatórios.
  • Vegetais: legumes, verduras e frutas. Alimentos que fornecem excelentes fontes de fibras, vitaminas e fitonutrientes.
  • Gorduras saudáveis e de boa qualidade: óleo de peixe, óleo de coco, óleo de linhaça, azeite de oliva extravirgem.
  • Suplemento vitamínico-mineral: imprescindível para prover todas as vitaminas e minerais requeridos, ou seja, são determinantes para enriquecer e balancear a dieta de modo adequado.
comida caseria caes
comida caseira caes
Foto: Arquivo pessoal.

comida caseira cachorro

Os animais de paladar exigente adoram esse tipo de alimentação, pois ela é muito cheirosa, saborosa e de fácil digestão. Além disso, a AN contém cerca de 70% de água (sete vezes mais água do que a ração seca!), o que contribui para a saúde do sistema urinário e do organismo como um todo.

Por respeitar as verdadeiras demandas do bichinho, a alimentação natural previne várias doenças, como obesidade em cães e gatos e doenças inflamatórias; além de promover a saúde e, consequentemente, aumentar a expectativa de vida do seu melhor amigo.

Outro benefício é que a AN gera um volume menor de fezes, pois o animal utiliza muito melhor cada ingrediente consumido.

E qual o custo da Alimentação Natural ?

O custo de uma alimentação natural completa e produzida com alimentos variados, frescos e bem selecionados é possivelmente igual ou um pouco superior ao custo de uma alimentação com ração super premium (considerada a melhor ração do mercado).

Mas podemos encarar esse custo mais elevado como uma forma de investimento seguro na saúde e qualidade de vida do nosso melhor amigo. Um animal saudável certamente visitará menos o veterinário, precisará menos de medicações e tratamentos em geral e ainda terá mais vitalidade e prazer!

Existem empresas idôneas que produzem porções de AN e, muitas delas, preparam as refeições precisamente como prescritas pelo médico veterinário de sua confiança. Mas, claro, você precisará pagar pelo serviço prestado.

Uma forma de diminuir os custos com a dieta seria prepará-la em casa, seguindo à risca o planejamento alimentar. Dessa forma, é possível escolher o local onde comprar os ingredientes, preferindo aqueles sabidamente mais baratos.

Por exemplo, açougues, sacolões e feiras costumam ser mais acessíveis que supermercados. Optar por alimentos com preços melhores ou na promoção é outra alternativa. Como a diversidade de alimentos é enorme, é possível variá-los de acordo com o preço do dia.

comida caseira cães
Foto: arquivo pessoal.

Quando e porque comecei a oferecer Alimentação Natural ?

Sou médica veterinária e hoje trabalho com clínica geral e nutrição animal com o enfoque na alimentação natural.

Falando por mim e pela experiência adquirida nesses anos, todos os tutores, inclusive eu mesma, querem que seus tão amados animais tenham uma vida longa e saudável. Querem, também, adiar o envelhecimento e evitar o aparecimento de doenças em seus animais.

Por isso, muitos anos atrás, eu optei por despender um pouco mais de tempo e recursos na alimentação dos meus animais, e, com isso, receber outros tantos benefícios como retorno.

Minha experiência pessoal mudou totalmente minha carreira e a forma que eu penso a nutrição animal hoje em dia.

Depoimento Pessoal


LEIA TAMBÉM:


Cachorro gordo: quais os riscos e como resolver o problema da obesidade canina.

Gato recém-nascido: Como cuidar e alimentar? Posso dar leite ou papinha?

Olho de cereja em cachorro! O que fazer?

Além disso, aproveite para assistir também aos vídeos que publicamos lá no canal do YOUTUBE e as outras matérias do site! Abraços e até a próxima.


Referência Bibliográfica:

Halfen, Dóris P., et al. “Tutores de cães consideram a dieta caseira como adequada, mas alteram as fórmulas prescritas.” Pesqui. vet. bras 37 (2017): 1453-1459.

Berschneider, Helen M. “Alternative diets.” Clinical techniques in small animal practice 17.1 (2002): 1-5.

Buff, P. R., et al. “Natural pet food: A review of natural diets and their impact on canine and feline physiology.” Journal of animal science 92.9 (2014): 3781-3791.

Brown, Steve. Unlocking the Canine Ancestral Diet: Healthier Dog Food the ABC Way. Dogwise Publishing, 2009.

Remillard, Rebecca L. “Homemade diets: attributes, pitfalls, and a call for action.” Topics in companion animal medicine 23.3 (2008): 137-142.

%d blogueiros gostam disto: